sexta-feira, 20 de maio de 2016

COMO LUTAR POR MINHA FAMÍLIA



Na passagem de Ezequiel 22:30 diz que Deus procurou alguém que se colocasse na brecha, isto é, uma pessoa que intercedesse, que fosse um argumento para que a destruição não acontecesse, mas infelizmente não havia ninguém. Muitas vezes, esperamos aprender fórmulas, algo que mude o casamento como mágica. Porém, quero convidar você a travar uma batalha: a batalha por sua família, seus filhos e sua casa. Se quisermos vitória temos que se colocar na brecha por nossa família.


Todos nós gostaríamos que nosso casamento sem problemas, um paraíso na terra; gostaríamos de uma vida financeira estável; de não ter problemas com filhos, sogra, familiares e etc. Mas, infelizmente não é assim que funciona a vida! Na maior parte do tempo passamos por lutas que envolvem todas as áreas da nossa vida, inclusive a conjugal. Não digo isso para assustar, mas só teremos paz quando estivermos dispostos a lutar. Nossa família é alvo de ataque maligno, e o Senhor espera que nos posicionemos.
A bíblia diz que o diabo veio para matar, roubar e destruir... (João 10:10) Algumas pessoas se esquecem que o fato de decidirem não fazer nada já é uma decisão. Se não quisermos lutar jáperdemos! Nossa vida familiar é mais um campo de guerra do que um parque de diversões. O diabo investe pesado para destruir nossa família. As batalhas mais difíceis que travamos acontecem na família. Por quê? Por que é lá que Deus pode se manifestar com poder.
Em Mateus 18:20, Jesus disse: Onde estiverem dois ou três... Família! Isto é, se nossa família estiver reunida buscando a Cristo certamente derrotaremos o inimigo. E, por isso, o diabo,tenta colocar a família cada vez mais separada.
• Filhos que não querem mais ter comunhão com seu pais. Preferem ficar na internet conversando com amigos do que conversar com seus pais.
• Pais que não têm mais paciência com filhos. Tudo é motivo para stress! Falar áspero!
• O diabo tem roubado aquele primeiro amor que trazia vida ao casamento, a paixão e o desfrute do início.
• O que o diabo quer é roubar esse primeiro amor, a ternura inicial, o carinho, a harmonia do relacionamento e o diálogo.
• O inimigo também rouba o romantismo, aquelas palavras e expressões apaixonadas que nos pegam de surpresa. Muitas vezes, as mulheres esperam atitudes românticas do marido, mas nem sempre elas próprias agem assim. Tornam-se passivas e ficam sempre esperando o romantismo do outro. Mas neste caso, a lei da semeadura e da colheita também deve ser aplicada: se a esposa plantar, certamente colherá! 
Precisamos vigiar, pois o inimigo sempre ataca as mesmas áreas. É como um lutador de artes marciais que estuda o ponto mais frágil de seu oponente e sempre ataca ali. 
O alvo do inimigo é sempre produzir distanciamento e crise, mas obtemos vitória quando nos posicionamos contra isso no nome de Jesus. 
Casais que não tem mais vida sexual ativa por causa das mágoas. Homens que se fecham, enclausurando-se como caramujos.
O diabo sempre tenta destruir nossos relacionamentos.
Se quisermos realmente vencer temos que abrir mão de todo sentimento destrutivo; todo pensamento maligno. .A falta de cuidado com os sentimentos leva muitos a viverem crendo em Deus, mas escravos da amargura; do ódio; do ciúmes; da vingança e etc., temos a obrigação de limpar nosso coração diante de Deus, liberando e sendo liberado de pensamentos ruins. 
Certa vez ouvi uma frase que dizia:
“Vigie seus pensamentos, porque eles se tornarão palavras; Vigie suas palavras, porque elas se tornarão atos; Vigie seus atos, porque eles se tornarão hábitos; Vigie seus hábitos, porque eles se tornarão seu caráter; Vigie seu caráter, porque ele será o seu destino.”
Infelizmente os maus hábitos podem afastar-te de Deus. Por exemplo: 
 O hábito de assistir televisão. Pessoas que nem assistem, mas tem que ter a televisão ligada em casa.
 O hábito de dormir demais; o hábito de comer sem fome; hábito da Negatividade, a pessoa se lamenta e reclama de sua vida e da vida dos outros o tempo inteiro.
 O hábito de falar sem pensar. “ – Nossa! Como você esta gordo!” Ou ainda, “Ele nasceu assim mesmo...” Alguns não pensam para falar e acabam magoando e afastando até mesmo os familiares mais próximos. 
Nossa casa tem que se tornar um lugar aonde Deus possa estar. Muitos vêem seu lar como um lugar aonde não precisam dar relatório, aonde tudo é liberado, mas não é assim quando queremos a restauração de nossa casa. Tempos que edificar nossa família em Cristo, orar, ler a palavra, temos que entender nossa responsabilidade, temos que interceder por nossa família, visto que somente assim, o inimigo cairá por terra.
A palavra de Deus (Tiago 4:7-8) diz:
“Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração.”
 Uma família que tem a prática de sujeitar-se a Deus; que resiste em oração o diabo; que purifica-se de toda mágoa e ressentimentos; que tem o hábito de achegar-se a Deus, através do louvor, da adoração, do estudo da palavra, da comunhão entre irmãos certamente vencerá nos momentos de lutas e provações. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...