quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Evangélicos não praticantes


É preocupante a situação! Pesquisa feita em 2011 e cada dia a situação piora cada vez mais, não somente entre jovens e adolescentes, entre os adultos e idosos também.
Há duas ou três décadas, era impensável que um evangélico fosse não praticante e descomprometido com sua fé. Nominalismo era coisa dos católicos apenas. Os tempos mudaram. Em julho próximo passado a AMME Evangelizar concluiu e publicou, em inglês, um relatório de pesquisa realizada com 780 pessoas, em quinze cidades das três regiões mais populosas do país: Total evangelization – Research for Products Validation. O objetivo do relatório era verificar o resultado de cinco programas do grupo “Evangelização Total” sobre os hábitos das pessoas evangelizadas com eles. A pesquisa descobriu mais do que se esperava.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...