domingo, 28 de abril de 2013

FOI BENÇÃO!

Boa tarde! Um sol lindo que ta fazendo aqui em Sapiranga! Hoje tem a noite tem  culto em nossa igreja estaremos lá se Deus quiser está na direção da nossa juventude será um culto voltado para missões e terá também uma peça missionária feita por eles. Muito bem, ontem teve o nosso encontro de mulheres com a exibição do filme O Toque com direito a pipoca, coca-cola e massagens, apesar de que convidamos várias mulheres nossas amigas e até mesmo as irmãs da igreja algumas faltaram, foi muito bom para que foi, tivemos oito mulheres presentes sendo que duas eram visitantes convidadas das irmãs Marcia e Cleci, saímos dali satisfeitas e abençoadas pois o filme falou muito ao nosso coração, lágrimas rolaram, abraços foram dadas, quem não foi perdeu. Os nossos encontros serão todos os quartos sábados de cada mês e no próximo será no dia 25 de maio sendo que as mulheres convidarão seus companheiros pois haverá uma palestra para casais com o casal Pr. Ignácio e Marilda.

A vida é muito mais do que ‘ser mecânica’. Ela precisa do Toque, do aconchego, do real Bem Querer! Alguns vivem isolados de si mesmos!
Mentes alienadas em seus próprios problemas. Pensamentos turvos. Sentimentos distorcidos. Não conseguem separar o real carinho, da malícia. O carinho sincero, o verdadeiro aconchego, o querer ver o outro bem... Mas, de coração! A malícia de pensar que por trás de todo carinho, exista interesse, exista alguma intenção a mais. Talvez por muitos pensarem desta forma é que fecham seus corações para o Toque!
O Toque da pureza, tocar o coração do outro com o seu coração!
Ser leve na presença do outro, e na própria presença.
Infelizmente tudo isto está ausente do coração de muitos.
Estão tão preocupados com seus próprios problemas, com suas ‘conquistas materiais’, que esquecem tocar o próprio coração e o coração das pessoas!
Agem de maneira confusa e contraditória, ofuscando o próprio brilho e culpam os que estão ao seu redor por seus dilemas pessoais! No Silêncio do Toque, a ternura se revela! O aconchego se aproxima! E o Amor predomina!
Incansáveis buscas por mais carinho externo, vindo de outras pessoas. Como entender?
Quem se julga carente é porque na verdade tem muito amor para doar! Tem um coração que bate no ritmo do amor.
Mas, muitas vezes, pelo medo do toque, torna-se desgastante esta mesma busca. Levando assim a pessoa para o caminho da solidão.
A solidão nada mais é do que a ausência de si mesmo! A ausência da realidade da vida. Uma pessoa que vive mergulhada em profunda solidão, vive em uma cúpula protetora. Contra quem? Contra si mesmo! Mas não se dá conta de tamanha verdade. Por medo, ou por não confiar no outro, no carinho, no toque do outro, se fecha para um mundo que poderia ser maravilhoso – o seu mundo particular.
Cada pessoa é um mundo à parte. Cada pessoa sente diferente. E o ponto de partida para afugentar a solidão é permitir-se ao Toque... O Toque do Coração! O Toque da Alma! O Toque do próprio coração!
Como entender? De que forma tocar o coração e a alma de alguém? E o próprio coração?
É simples, porém difícil para alguns.
O orgulho e o egoísmo são os principais vilões de grandes histórias de amor, de cumplicidade, de amizades, de crescimentos pessoais. Corrói os corações, dilacerando a alma em mil pedaços, pois não permitem aproximação verdadeira, não permitem o real contato... O Toque Verdadeiro no outro!
E por que é simples tocar o coração de alguém?
O que tornaria algo que parece complicado, tão fácil?
Muitos quando beijam a face de alguém, na verdade ‘beijam o vento’. Muitos quando abraçam, mal encostam.
Muitos quando se dão as mãos, mal tocam nos dedos.
Onde está o calor humano?
Onde está o aconchego? A Ternura? Então, mais uma vez eu pergunto:

Como Tocar verdadeiramente o coração de alguém?

Transforme-se:
Na hora do Beijo... Não beije, seja o Beijo.
Na hora do Abraço... Não abrace, seja o Abraço.
Na hora da Carícia... Não acaricie, seja a Carícia.
Na hora de Tocar... Não toque, seja o Toque!

Assim sentindo, assim agindo, você tocará o mais duro dos corações. Plantará uma semente no coração do outro, e este, jamais esquecerá sua Doce Presença. De sua Ternura, de seu Aconchego, de sua Proteção! Irá amá-la enquanto viver! Pois esta semente irá germinar e crescer fortemente, no seu tempo certo, sem esforço algum, assim como a natureza age: sem esforço!
Sendo apenas você mesmo, exatamente como é! E por isso mesmo, irá amá-la cada vez mais!
E por que esta certeza? Como saber que você agiu de maneira correta?
Não existem regras para a Pureza! Não existem regras para o verdadeiro bem querer. Não existem barreiras para o Amor... O Verdadeiro Amor!
Ele é constante, seguro, protetor, leve e aconchegante! 
Por quê?
Porque agiu no Silêncio do Toque...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...