segunda-feira, 28 de outubro de 2013

PRECISAMOS TER COMUNHÃO COM A IGREJA

1) Devemos estar em comunhão com Jesus e com o Espírito Santo: 
Somos um só espírito com o Senhor (I Coríntios 6:17)
Ele habita em nossos corações (Efésios 3:16-19) 
Comunhão do Espírito (II Coríntios 13:13 e Filipenses 2:1 e 2)

Ele ceia conosco (Apocalipse 3:20) 
Fomos batizados no corpo pelo Espírito e bebemos do mesmo Espírito (I Coríntios 12:13) 
Em alguns locais das Escrituras Deus se refere ao relacionamento Dele com a Igreja como: Noivo e Noiva, Videira e seus ramos, Cabeça e corpo, isso é suficiente para começarmos a entender como é nosso relacionamento com Jesus.

2) Devemos estar em comunhão com os Santos (Igreja de Cristo): 
É o modo natural de viver daquele que tem um encontro com Jesus (Atos 2:42-46) 
Para ter comunhão com os irmãos é preciso andar na luz (I João 1:7) 
Exige esforço conjunto (Efésios 4:15 e 16) 
Exige correção de pecados (Efésios 4:25-32) 
Envolve socorro em coisas materiais (I João 3:17; Romanos 12:13; II Coríntios 8:4; Gálatas 2:10 e Atos 11:29 e 30)

3) Deus fala da Mutualidade da Comunhão: 
Somos membros uns dos outros (Romanos 12:5) 
Amai-vos cordialmente e preferindo-vos em honra uns aos outros (Romanos 12:10) 
Tende o mesmo sentimento uns para com os outros (Romanos 12:16 e 15:5) 
Acolhei-vos uns aos outros como também Cristo nos acolheu (Romanos 15:7) 
Saúda-vos uns aos outros com ósculo santo (Romanos 16:16)

4) Advertência! Quando a Comunhão NÃO é Recomendada: 
Quando se relaciona a amizades que são com pessoas ímpias (Salmos 1:1-3) 
Quando se refere a outra pessoa que se diz crente, mas não vive como tal (I Coríntios 5:6-11) 
Nos casos de pessoas que tem uma vida comprometida com práticas de pecado (Efésios 5:5-14 e II Coríntios 6:14) 
Quando há pessoas que não tem cuidado com a língua (I Coríntios 15:33 e Provérbios 20:19) 
Quando relaciona pessoas resistentes a ouvir e a obedecer a Palavra de Deus (II Tessalonicenses 3:14 e Provérbios 13:20) 
Quando há outra pessoa que é semeadora de contendas (Provérbios 6:16-19)

UM EXEMPLO EDIFICANTE! 
PORQUE DEVEMOS FREQUENTAR A IGREJA DE CRISTO 

Uma pessoa que estava visitando uma Igreja cristã questionou, dizendo não fazer sentido ir a Igreja toda semana. A alegação era a seguinte: “Mesmo aqueles que já frequentavam o templo de Deus a muitos anos e ouviram incontáveis pregações, não conseguiam se lembrar de nenhuma delas. Assim, era fácil chegar a conclusão de que ir a igreja é perda de tempo e os Pastores estão desperdiçando o tempo deles pregando algo que ninguém vai lembrar depois” 

Mas esse questionador obteve resposta bastante rápida a sua alegação. Um membro que estava ali por perto e escutou a conversa, se aproximou e começou a explicar a questão: “Eu estou casado há mais de 30 anos e durante este tempo minha esposa já me preparou incontáveis refeições, mas eu não consigo me lembrar de todos os pratos que comi da maioria dessas refeições. Porém essa comida teve um papel importantíssimo na minha nutrição, me deram as vitaminas, proteínas, energia e tudo mais que meu organismo precisava para ficar saudável. Eu precisava daquelas refeições para estar forte fisicamente. E além disso, eu posso até não me lembrar de todos os pratos que ela preparou, mas quando ela faz uma comida que eu gostei muito, como um estrogonofe de frango por exemplo, se ela repetir esse prato futuramente, eu posso até não lembrar quando o comi pela ultima vez, mas vou me lembrar que gosto muito dessa comida. Da mesma forma funciona com a palavra de Deus, nós vamos a Igreja para nos alimentar da fome espiritual, para nutrir o nosso espírito, permanecer na presença de Deus e por mais que eu não me lembre das pregações do pastor, quando houver uma situação em minha vida que eu precise tomar uma decisão a luz da Palavra, eu vou saber escolher o certo!”

Se Jesus é a cabeça e a Sua Igreja são os membros, então se temos comunhão com o "cabeça" também teremos comunhão com os membros!

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

VOCÊ SABE O SIGNIFICADO DO CULTO?

Segundo o dicionário “Globo”, culto significa: homenagem que se presta à divindade; adoração; veneração.
Na prática cristã, culto é o encontro do homem com Deus, que pode ser individual ou coletivo. É a apresentação dos nossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, nosso culto racional (Rm 12:1 ; I Pe 2:5). O culto foi praticado, pela primeira vez, pelo homem no jardim do Éden, onde Adão e Eva desfrutavam de momentos diários com Deus.
O principal propósito de todos os que comparecem ao templo deve ser “prestar culto” a Deus, ou seja, adorá-lo. É no momento em que nos encontramos com ele que demonstramos nosso amor e compromisso, nos fortalecemos como corpo de Cristo, nos sujeitamos aos ensinos da sua Palavra, somos tratados por ele e proclamamos o evangelho do Reino.
É importante destacar que o culto (adoração) é prestado a Deus em todos os aspectos e serve para edificação do corpo (congregação). A Palavra nos mostra que, de Gênesis a Apocalipse, a centralidade do culto é sempre a mesma: o Senhor, o Deus trino.
A essência do culto, em toda a Bíblia, é a mesma, o que muda é a forma de expressá-la. No Antigo Testamento, todos os atos do culto eram feitos por intermédio do sacerdote e eram necessários os sacrifícios com animais. No Novo Testamento, todo crente é semelhante a um sacerdote, que, pelo sangue de Jesus, tem livre acesso à presença de Deus, e os sacrifícios são revelados em Cristo.
Um exemplo bíblico, muito interessante, de como deve ser feito o culto é o Salmo 100. Nele o salmista incita o povo a louvar a Deus com alegria, reconhecendo que ele é bom, que só ele é Deus, nosso criador e pastor e que somos dependentes dele. Assim sendo, prestemos a Deus um culto bíblico, uma adoração pautada na Palavra, reconhecendo sua soberania. Pena que muitos vão a igreja simplesmente por ir e sai do mesmo jeito que entrou, vazio, sem sentido, nada mudou, ou estão dentro da igreja mais a cabeça está lá fora é uma pena! Outros não dão valor de está na casa de Deus, preferem estar em outros lugares, fazendo sabe se lá o que? Perdendo o privilégio da comunhão, da adoração ao Ser que lhe deu uma chance de ser realmente feliz. Tudo neste mundo é ilusão e vaidade, o que realmente faz sentido e fazer a vontade do Pai, trabalhar para Ele e viver em sua dependência.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

DAR FRUTOS É NECESSÁRIO!

Boa tarde, que a paz de Jesus esteja com você e toda a sua família. Hoje aqui em Sapiranga tá uma tarde linda, com sol o céu azul, o clima bem gostoso. Estamos caminhando com ajuda de Deus e vivendo na dependência dele. Estamos a procura de um novo local para o culto, pois onde estamos está ficando pequeno precisamos de um lugar maior com mais salas para as crianças , jovens e adolescentes que agora está podendo funcionar separados por enquanto somente no horário dos estudos. Estamos em oração pedindo a Deus direção e que seja feita a vontade dele. E também tem o terreno que precisamos comprar para construir a casa do Senhor, também na orientação de Deus, não temos ainda o capital estamos em campanha, os terrenos aqui são caros, creio que na hora certa conseguiremos. Nós estamos com uma família de Osório, o irmão Joel está fazendo o seminário e dia 07 de dezembro deste ano será a sua formatura, ele está fazendo estágio em nossa igreja junto com a sua família a esposa Roseli, seus filhos Jordana, Wesley e a Keke, estão bem integrados uma família abençoada. Estamos em fase de organização da MCA ( Mulher Cristã em Ação), MR( Mensageiras do Rei) e AM (Amigos de Missões), se Deus quiser ano que vem! Os homens também estão se reunindo uma vez por mês. A Jordana a filha do irmão Joel está ensaiando o grupo de coreografia e eu o teatro. Sobre o teatro estamos ensaiando a pantomima de minha autoria As Correntes para apresentarmos dia 07 de Dezembro no Parque do Imigrante( Parcão) em Sapiranga. Novos projetos estão surgindo e assim sendo estamos trabalhando para a glória de Deus. Bom seria se todos enjangassem neste intuito para o crescimento do Reino mas infelizmente muitos que tem o seu dom e talento preferem ficar sentados no banco, preferem ser ouvintes achando assim que não são necessários, O pai se alegra quando seus filhos dão frutos. Veja que Ele tem o cuidado de podar, limpar aqueles que dão frutos para que deem mais frutos ainda! O Pai não quer que sejamos apenas ramos da videira, Ele que sejamos ramos que dão frutos abundantemente, ramos que dão frutos em sua total potencialidade. Hoje muitos cristãos estão sentados estagnados a margem, esperando alguém "atuar" para eles.  Deus precisa de nós, dos ocupados, incapacitados por que é Ele o dono de tudo, o chamado é para todos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...