quinta-feira, 27 de junho de 2013

COMEMORAÇÃO - 5 ANOS! ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR!


Olá estamos com os preparativos para comemorarmos mais um ano com a graça de Deus nos dia 06 e 07 de Julho, 5 anos com muitas lutas e vitórias. Quando retornamos os nosso pensamentos ao dia que chegamos aqui em Sapiranga sem conhecer ninguém e nem moradia tínhamos, um frio que não estávamos acostumados e Deus cuidou de nós. Sim com a cara e a coragem e muita sede de começar o trabalho e falar do amor de Jesus para este povo que aprendemos a amar. A primeira TRANS  julho de 2008 e conhecer os amados irmãos que muito nos ajudou nesta tarefa são eles: Luíz Moreira Junior (hoje ele é guitarrista do David Sacer), Emílio Mauricio C. Vallim, Heron Domingues,Pr. Liviston Sampaio Guerra (Pastor da Igreja Batista Vila Entre Rios - Belford-Roxo /RJ), Sally Lopes Rosa, Jorge Moraes Pereira, Maria Zilda B. de Sousa, Sara da C. Silva Lopes, Josimar dos Santos Cruz, Raquel C.C da Silva, Claudio Alfredo M.P e Dalia Selma Reichert.

Foram 15 dias intensos batendo de porta em porta, marcando e fazendo estudos bíblicos nos lares, falando do amor de Jesus, muitos "sim", muitos "não" e assim com alegria saiam com suas camisas amarelas dizendo que Jesus transforma. Cansaço, enfermidades isso não foi empecilho para eles desistirem! Irmãos amados que Deus esteja abençoando casa um de vocês que continuam nos corações daqueles que foram visitados e por nós da igreja fica a nossa gratidão. Os irmãos foram para suas casas com muitas lágrimas e abraços e aqui continuamos com todo o trabalho, muitas lutas, lágrimas derramadas ao pés de Jesus tanto de saudades dos nossos amigos, familiares e a igreja que deixamos no Rio, começar do zero não foi fácil! E Deus foi nos confirmando a sua vontade. Começamos no bairro 07 de Setembro e hoje estamos no bairro Centenário com 35 membros. O trabalho como já disse não tem sido fácil ao longo desses anos, o povo aqui é muito difícil precisamos criar relacionamento  para depois falar de Jesus do seu poder transformador. Muitos discipulados, estudos bíblicos, visitas, acompanhamentos. Muitos também desistiram da caminhada não podemos obrigar a ninguém a nada as pessoas tem o direito de fazer a sua escolha, ficamos tristes com tudo isso mas, fazer o que? Estamos oferecendo o que temos de melhor para as pessoas mas elas não querem! Que Deus tenha misericórdia delas e lhes dê uma nova change antes que seja tarde demais. Enfim felizes por comemorar e também estamos em oração por que estamos em campanha para a compra do terreno para construir a casa de Deus, estamos pedindo a Ele que nos indique o local e recursos pois ainda não temos e o nosso Deus é o Deus da prata e do ouro.ORE por nós.




segunda-feira, 10 de junho de 2013

FOI EMOCIONANTE A HOMENAGEM

Olá, hoje estar muito frio aqui em Sapiranga, agora é só piorar o inverno ta chegando! Mesmo assim gosto mais do frio do que o calor.Apesar das batalhas que enfrentamos em nosso ministério, temos tidos momentos felizes que nos mostra cada vez mais a vontade de Deus para a nossa vida como família que somos. Minha filha na faculdade, tem a sua limitação, mas é uma vencedora, sabe o que quer e luta pelos seus ideais. Tem seus conflitos, normal para uma jovem de 18 anos, louvo a Deus pela vida da minha filha presente de Deus. Meu esposo o Pr. Walter que é missionário e também coordenador regional, onde cuida dos missionários aqui no Sul e estamos implantando uma igreja Batista da Convenção Batista Brasileira, pela Junta de Missões Nacionais que tem sido benção em nossas vidas. Iniciamos o PG - Pequeno Grupo num bairro carente de Deus na casa da nossa ovelha irmã Zenilda na direção do casal Jorge e Marcia nossas ovelhas abençoadas que Deus nos deu, o encontro é todas as quintas-feiras às 19:30. Temos encontros  só de homens e de mulheres. Iniciamos também os ensaios do Ministério Atos de Adoração com Pantomimas, os jovens tem seus encontros todos os sábados e nos últimos sábados tem o encontrão com juventudes de outras igrejas e sem falar da Tarde Legal que retornamos no bairro Centenário, somos atacados várias vezes pelo inimigo que não ta nada satisfeito e ele usa as pessoas que amamos para nos atacar  com palavras que visam acertar o nosso coração e machucá-lo. Quer seja de pessoas próximas ou não, o diabo sempre encontra um despercebido, tomado pro rancor, inveja, ira, falta de temor, ou até falta do que fazer para atacar quem está pastoreando. Sim, as brechas geralmente tem portas diferentes, mas o objetivo é um só: Desanimar! É claro que isso não acontece só com pastores, mas com líderes e também com qualquer cristão que esteja buscando servir a Cristo e seu Reino.Revolta por não fazer ou não poder fazer, ou até por que não quer que ninguém faça. Então, os sentimentos obscuros afloram e a pessoa dá espaço para o mal usar a sua língua para arremessar pedras sobre aquele que está a fazer. É claro que atitudes contrárias também existem neste caso, mas as palavras são as mais comuns. E como os pastores estão sempre a serviço do Deus, em tempo integral, a carga de ataques é bem mais constante e pesada.   O diabo sabe que dependendo da condição espiritual, psicológica ou física, estamos mais ou menos vulneráveis aos ataques. existem horas que tiramos de letra certas "Alfinetadas", mas dependendo da ocasião podemos sair sangrando por uma palavra dada em um momento difícil. 
 eles dão brechas e o inimigo entra. Bom foi um desabafo, agora quero registrar aqui o carinho dos irmãos em comemoração ao dia do pastor 09 de junho, foi emocionante, são momentos como este é que nos levam a prosseguir, sem perder a esperança. A igreja precisa amar, respeitar o seu pastor, pois ele é a autoridade que Deus constituiu, ovelha precisa ser obediente e ouvir a voz do seu pastor quando ele estar orientando para o caminho certo,ensinando o que  a Palavra diz para caminhar, trilhar o caminho que leva ao céu.Nenhum pastor verdadeiro quer o mal de sua ovelha, ele também estar sendo conduzido pelo sumo pastor que é Deus quando Ele diz: Você me ama? Então apascente as minhas ovelhas.

terça-feira, 4 de junho de 2013

A ORIGEM DO DIA DO PASTOR- 2º DOMINGO DE JUNHO





O Jornal Batista de 08/06/1975 traz uma nota sobre DIA DO PASTOR da autoria de J.R.P. que assim nos informa: “Quem teria instituído esse dia? Parece que a idéia não surgiu nos Estados Unidos onde os pastores sempre tiveram muito conceito e influencia. Pelo menos não temos lido nos jornais evangélicos norte-americanos qualquer coisa a respeito de um dia especial consagrado aos pastores. Assim cremos que a idéia é brasileira e que surgiu entre os batistas. Indo um pouco mais longe, julgamos que a iniciativa foi de nossa Junta de Beneficência. Nesse caso, então uma idéia brasileira e batista. Vamos fazer uma pesquisa e depois daremos o resultado a nossos leitores”.
Tivemos o privilégio de trabalhar na Junta de Beneficência da Convenção Batista Brasileira de 03 de março de 1952 a 31 de agosto de 1974; o cargo que ocupávamos era de Promoção e Propaganda.
Naquele tempo a Junta tinha um dia especial chamado “Dia da Junta de Beneficência”, comemorado no 2º Domingo de Maio, sendo esse dia também o “Dia das Mães”; sugerimos então ao Secretário Executivo da Junta – Dr. Antonio Neves de Mesquita que transferisse o dia da Junta para o 3º Domingo de Maio. Nessa ocasião, escrevemos um artigo para O Jornal Batista publicado em 05/05/1955, 8ª página, falando sobre o Dia do Pastor. Estando à frente do Departamento de Promoção e Propaganda da Junta, sentimos que “Dia da Junta de Beneficência” não era um bom nome porque naquele tempo a Junta tinha a fama de ser rica e o pedido que se fazia era de uma oferta especial para a Caixa de Socorros para ajudar os pastores aposentados com pequena aposentadoria e outros que nem aposentaria tinham. Constando a ineficácia do trabalho, sugerimos ao Dr. Mesquita que mudasse o nome “Dia da Junta de Beneficência” para “Dia do Pastor”, visto que tudo girava em torno dos vocacionados para a obra do Ministério da Palavra de Deus. Como o mês de Maio era dedicado às mães, sugerimos, outrossim, que transferíssemos o Dia do Pastor para o 2º Domingo de Junho e este, então seria o mês do PASTOR. O Dr. Mesquita sentiu que a idéia era muito boa e aceitou-a integralmente; desde, então, começamos a promover o DIA DO PASTOR no 2º Domingo de Junho com os seguintes objetivos: levantar uma Oferta generosa para a Caixa de Socorros a fim de que a Junta pudesse ajudar mais e melhor os pastores aposentados de parcos recursos; comemorar o DIA DO PASTOR em cada Igreja Batista, homenageando o Pastor local e os pastores que haviam pastoreado a mesma igreja; e proporcionar, através de tais comemorações, o despertamento de jovens vocacionados por Jesus para a obra do Ministério. Diante deste fato, que é um marco histórico na Denominação Batista Brasileira, afirmamos com humildade que o DIA DO PASTOR originou-se de uma sugestão do signatário destas linhas.
Esperamos e fazemos votos ao Senhor da SEARA que este Dia seja cada vez mais vitorioso em todas as igrejas batistas do Brasil e quiçá do mundo, para o crescimento da gloriosa obra do Ministério da Palavra de Deus.
Hoje muitas outras denominações estão também comemorando o DIA DO PASTOR, o que aumenta a nossa alegria cada vez mais em saber e sentir que a obra de Deus prospera mais e mais em todo o universo.
Na esperança de que o DIA DO PASTOR seja comemorado em todas as igrejas de nossa querida Pátria, a fim de que muitos outros obreiros se levantem para atender a vocação de Deus para a obra do Ministério, continuamos no firme propósito de servir ao nosso Mestre à frente da querida Igreja Evangélica Batista em Botafogo na Cidade do Rio de Janeiro.


A JUNTA DE BENEFICENCIA E O DIA DO PASTOR
Othon Ávila Amaral (JB de 14/06/1981)
(pesquisa realizada pelo irmão Othon Àvila Amaral)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...