sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Comemoração farroupilha vira chamariz para programação evangelística



No dia 20 de setembro a comunidade gaúcha comemorava a Revolução Farroupilha. O movimento, de cunho republicano, também foi lembrado pela Missão Batista de Sapiranga, que aproveitou a data para contextualizar a mensagem de Cristo.
"É um marco para o povo gaúcho. Todo o estado volta-se para esta comemoração. Nós, como uma igreja missionária contextualizada, não podemos ficar de fora deste evento tão importante", disse o missionário pr. Walter Azevedo. 
Com uma ornamentação especial e os visitantes vestidos a caráter - homens de bombachas e mulheres de prendas - houve um período de confraternização, com degustação de pratos típicos. Na celebração estavam cinco visitantes não crentes, que puderam conhecer melhor o ambiente batista e abrir as portas de suas casas para a entrada do evangelho a partir de estudos bíblicos.
A estratégia deu certo e fica de exemplo para as igrejas que desejam tornar suas ações cada vez mais relevantes para a comunidade onde estão inseridas.
 Para mais detalhes sobre o projeto de Sapiranga, clique aqui.
http://www.missoesnacionais.org.br

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL


Em 20 de setembro de 1835, os farroupilhas, liderados por Bento Gonçalves, venciam o confronto da Ponte da Azenha e entravam na província de Porto Alegre. Iniciou-se a Guerra dos Farrapos, o mais duradouro conflito armado da história do Brasil, que resultou na declaração de independência do Estado do Rio Grande do Sul, dando origem à República do Piratini, que durou cerca de sete anos. Sabemos também que A Guerra dos Farrapos, também chamada de Revolução Farroupilha, é omais longo conflito armado ocorrido em território brasileiro (teve início em 1835 e terminou em 1845). É considerada uma das mais importantes passagens da história do Rio Grande do Sul, um marco da formação social e política do Estado. A importância do dia 20 de setembro é tão grande que em 1978 foi decretado feriado em todo o Estado pela lei estadual 4.453/78.
Semana de tradição e festa

Não é apenas o dia 20 de setembro que é dia de festa no Rio Grande do Sul. Os
 Centros de Tradição Gaúcha, CTGs, que existem em praticamente todas cidades gaúchas e, inclusive, em outros Estados, preparam uma série de comemorações para a semana Farroupilha. São gincanas, churrascos (claro),  no melhor estilo crioulo (nome dado aos moradores dos pampas no passado), desfiles temáticos, palestras e discussões. É a hora do gaúcho lembrar porque é gaúcho, tchê.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

NOTÍCIAS

No Sul
Obreiros de Missões Nacionais participam de mais um Crescer Missionário
Sentir-se amado e cuidado faz bem para qualquer um. Ainda mais quando se está distante dos familiares e vivendo uma constante batalha contra as trevas. No final de agosto, missionários da Junta de Missões Nacionais foram acolhidos por duas igrejas batistas do Sul do Brasil em uma programação totalmente dedicada ao descanso e edificação. Os eventos, conhecidos como Crescer Missionário, aconteceram na Igreja Batista do Bacacheri - 29/08 a 2/09, em Curitiba (PR), e na PIB de Porto Alegre (RS) - 30/08 a 2/09, abençoando 191 obreiros.
O Crescer Missionário foi idealizado pela IB do Bacacheri, que através do ministério de Missões vem ao longo dos últimos 19 anos dedicando alguns dias ao cuidado de missionários. A ideia alcançou a PIB de Porto Alegre que, nesse ano, decidiu reunir obreiros para ações de cuidado e valorização. As programações abordaram temas como família, vocação e desenvolvimento pessoal. Além de palestras e oficinas, os missionários receberam atendimentos médico, odontológico, estético, entre outros.
Um ponto que chama a atenção é que no Crescer os missionários ficam hospedados nas casas dos membros das igrejas que promovem a programação. A ideia é permitir o relacionamento entre obreiros e parceiros. 
Aproveitando a presença de tantos missionários, as igrejas envolvidas com o Crescer realizaram o lançamento da campanha de Missões Nacionais. Música oficial, mensagens desafiadoras e, especialmente, vidas se disponibilizando para ser luz em um Brasil em trevas coloriram a programação.
Segundo o gerente executivo da JMN para o Sul do Brasil, pr. Daniel Eiras, há uma expectativa de que o Crescer Missionário seja um exemplo a ser seguido por outras igrejas do Brasil. Outros representantes de Missões Nacionais estão se mobilizando para que este projeto alcance novos estados e a obra missionária seja estimulada através da valorização de vidas que se dedicam exclusivamente à conquista da pátria.

domingo, 9 de setembro de 2012

CONTANDO AS NOVIDADES.


Boa tarde para quem esta lendo esta postagem! Que a paz de Deus esteja com você. Hoje aqui em Sapiranga esta nublada e refrescou, por que a semana passada estava muito quente por aqui. Aqui no sul também faz calor e como! Estamos bem graças a Deus, dando continuidade a obra que Deus nos confiou, semeando a Sua Palavra, como nós queríamos que todos os que  tivemos algum contato aceitasse e se firmasse  no caminho certo que  é Jesus, como é difícil este povo, meu Deus! Estamos oferecendo o que temos de melhor para as suas vidas, para que sejam felizes e um dia morar com Jesus, mas, nem estão ai, não querem compromisso com o reino, preferem ficar com suas vidinhas errando, dando cabeçadas, empurrando com a barriga, esquecem que tem uma alma e um dia vão dar conta dela ao nosso Deus. Não basta ser bonzinho, tentar fazer o certo somente se esta totalmente longe do Pai. Deus quer que o ser humano o procure diariamente, Ele quer uma comunhão plena com os seus filhos e Ele precisa de cada um de nós para dar continuidade a sua obra, mas, muitos ficam de braços cruzados sem fazer nada, tem tempo para tudo no seu dia a dia, mais para Deus nada! Muitos acham que não precisa ir a igreja, fazer alguma coisa, mas Deus nos ensina que precisamos estar em comunhão uns com os outros, para louvarmos e engrandecer o nome de Dele juntos, precisamos aprender mais da Sua Palavra, amar o próximo, encorajar e só vamos conseguir isto estando juntos em comunhão, ninguém é uma ilha cercados por tubarões, predadores prontos para destruir, matar e roubar, sozinho ninguém consegue, enfim é uma pena que muitos que mantivemos contatos não querem isso pra suas vidas, pelos menos fizemos e estamos fazendo a nossa parte. A nossa oração que eles acordem antes que seja tarde demais. Bom desabafei um pouco e agora quero escrever sobre o nosso primeiro brechó no bairro Oeste no loteamento Vida Nova, que foi muito bom o nosso objetivo é manter contato, se aproximar da comunidade, fazer amizades e dizer que estamos por aqui para qualquer coisa.Nossa o povo é muito arredio, falo dos adultos, agora as crianças são maravilhosas ontem dia 08/09 tivemos 27 crianças e eu comecei uma série de estudos sobre Os Heróis da Fé que tem como objetivos conhecer o significado da fé, entender como a fé cresce e se alimenta, identificar os inimigos da fé, Definir a palavra herói segundo a Bíblia, nomear heróis de hoje e diferenciar heróis verdadeiros os fantasiosos. E que eles podem também ser um herói da fé e amigo de Deus. Orem por este trabalho e que Deus levante mais pessoas para nos ajudar. Tem fotos do brechó e das crianças do dia 08/09.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

HISTÓRIA DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL




A Independência do Brasil ocorreu em 7 de setembro de 1822. A partir desta data o Brasil deixou de ser uma colônia de Portugal. A proclamação foi feita por D. Pedro I as margens do riacho do Ipiranga em São Paulo.
Causas:
- Vontade de grande parte da elite política brasileira em conquistar a autonomia política;
- Desgaste do sistema de controle econômico, com restrições e altos impostos, exercido pela Coroa Portuguesa no Brasil;
- Tentativa da Coroa Portuguesa em recolonizar o Brasil.
Dia do Fico
- D. Pedro não acatou as determinações feitas pela Coroa Portuguesa que exigia seu retorno para Portugal. Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro negou ao chamado e afirmou que ficaria no Brasil.
Medidas pré independência:
Logo após o Dia do Fico, D. Pedro I tomou várias medidas com o objetivo de preparar o país para o processo de independência:
- Organização a Marinha de Guerra
- Convocou uma Assembleia Constituinte;
- Determinou o retornou das tropas portuguesas;
- Exigiu que todas as medidas tomadas pela Coroa Portuguesa deveriam, antes de entrar em vigor no Brasil, ter a aprovação de D. Pedro.
- Visitou São Paulo e Minas Gerais para acalmar os ânimos, principalmente entre a população, que estavam exaltados em várias regiões.
A Proclamação da Independência
Ao viajar de Santos para São Paulo, D. Pedro recebeu uma carta da Coroa Portuguesa que exigia seu retorno imediato para Portugal e anulava a Constituinte. Diante desta situação, D. Pedro deu seu famoso grito, as margens do riacho Ipiranga: “Independência ou Morte!”
Pós Independência
- D. Pedro I foi coroado imperador do Brasil em dezembro de 1822;
- Portugal reconheceu a independência, exigindo uma indenização de 2 milhões de libras esterlinas;
- Em algumas regiões do Brasil, principalmente no Nordeste, ocorreram revoltas, comandadas por portugueses, contrárias à independência do Brasil. Estas manifestações foram duramente reprimidas pelas tropas imperiais.  

E também hoje é o aniversario do nosso pastor Walter Azevedo



quinta-feira, 6 de setembro de 2012

O Brasil Precisa de Santos?

O Papa João Paulo II, quando de sua última visita ao Brasil, disse uma frase muito importante: "O Brasil precisa de santos; o Brasil precisa de muitos santos" (1991). E Deus disse, muito tempo antes: "Sede santos, porque eu sou santo", e "vós sereis santos como eu sou Santo". O Reino de Deus não é composto de pessoas ímpias, destituídas do bom senso, do amor, da fidelidade, e, sobretudo, da santidade.
       No céu não entra pecado, tristeza ou dor. Ningúem que na terra não for santo, entrará no reino celestial. Diz a Epístola aos Hebreus: "segui a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor".
       O Senhor Jesus Cristo enviou-nos a pregar a sua santa palavra. Em outras palavras, Deus incumbiu-nos de levar os homens a viverem uma vida santa, irrepreensível. O Brasil, e o mundo todo, precisa de santos, e de muitos santos. Porém, não santos mortos; mas santos vivos.
       O Brasil, terra abençoada por Deus; mas tão corrompida pelos homens ímpios. Terra que tem de tudo, até corrupção. Possui gente destituída de altruísmo, gente egoísta, gente gananciosa, onde funciona a palavra "venha a nós, e o resto que se dane, que se arrebente".
       Um país que se chama cristão, ou de quem falam ser o maior país cristão do mundo. Que pena! Ledo engano!
       "O Brasil precisa de santos, de muitos santos", mas santos vivos, santos que amem a Deus; santos que exerçam uma influência digna; santos que procurem o bem da coletividade. Santos que intercedam pelo bem da humanidade, através da oração, e que tenham Jesus Cristo como o único mediador entre Deus e os homens, I Tm 2.5.
       O mesmo apóstolo que escreve tais palavras, pede que, na terra, intercedamos pelos reis, e por todos os que estão investidos de autoridade. E esse pedido é feito aos santos vivos, aos santos que habitam a Terra, que enfrentam a fadiga do dia a dia, pois, não são os santos já falecidos que irão interceder pelos pecadores, mas os pecadores salvos pelo precioso sangue de Jesus Cristo é que irão interceder por eles junto a Deus, em suas orações.
       "O Brasil precisa de santos, de muitos santos". E você, prezado amigo, pode e deve ser esse santo, pois Deus o chama para viver a verdadeira santidade. Quando o apóstolo Paulo escreve as suas epístolas, ele as dirige assim às igrejas: aos santos de Corinto, aos santos de Filipos, aos santos da igreja de Colossos, etc; pois, as igrejas de Jesus, as verdadeiras igrejas de Jesus Cristo, são compostas de pessoas santas, pessoas que foram lavadas pelo sangue do Filho de Deus.
       E dos santos que já partiram, o Brasil não precisa mais deles, uma vez que eles já vivem em outra esfera, onde estão, por certo, sendo úteis ao Senhor. Eles não tomam conhecimento do que fazemos aqui na Terra. O Senhor Jesus disse que nós somos o sal da terra, e que somos também a luz do mundo.
       O Brasil precisa de nós, dos homens dotados de bom senso, de homens e mulheres que amam a Deus, e vivem para Deus, servindo ao seu semelhante. O Brasil precisa de você, prezado amigo, de você que aprecia essas palavras. Você precisa ser santo, você pode ser santo. O Brasil precisa muito de você e de nós também. Que Deus nos dê essa graça, e que nos ajude a sermos santos, mas santos bem vivos aqui na terra, para que o mundo o conheça como Deus e a Jesus como o único e verdadeiro Salvador.

Autor: Pr. Timofei Diacov

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

1º CRESCER MISSIONÁRIO DA JUNTA DE MISSÕES NACIONAIS NO RS


Participamos do primeiro CRESCER missionário da Junta no Rio Grande do Sul nos dias 30 de agosto a 02 de setembro na Primeira Igreja Batista Conde em Porto Alegre. Tivemos a presença de 32 missionários. Foram dias maravilhosos, fomos recebidos pelos irmãos da igreja e o seu amado pastor Daniel Lima com muito carinho, atenção e amor. Cada missionários foram hospedados nas casa dos irmãos da igreja. Tudo estava muito bom almoço, o lanche da tarde, a janta tudo feito com carinho e dedicação. Teve a tarde da beleza com corte de cabelo, escova, manicure, maquiagem, consulta com clinico geral, quiropraxia e dentista, no domingo a noite teve o encerramento na igreja e o inicio da campanha de Missões Nacionais.Veja as fotos que postei e o vídeo que fiz.



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...