domingo, 18 de dezembro de 2011

FOI BENÇÃO A CANTATA!

00:12

Olá para quem está lendo esta postagem! Quero compartilhar sobre a cantata infantil de natal Um Rei Diferente que foi uma benção! As crianças chegaram cedo, ensaiamos um pouco com elas, acertamos alguns detalhes e as pessoas estavam chegando para assistir, tinha aproximadamente umas 70 pessoas contando com as crianças, superou as pespectivas graças a Deus. Muitos visitantes parentes das crianças, tiraram fotos, babaram, foi muito legal. Valeu tanto trabalho para confeccionar o painel, não somos desenhistas e nem pintores, confeccionamos também o figurino simples mais que teve um efeito ótimo, foi maravilhoso ver aquelas crianças cantando, louvando a Deus e as pessoas ouvindo sobre Jesus o verdadeiro sentido do natal.É muito bom fazer o trabalho de Deus com muito amor e carinho depois que termina há uma satisfação tremenda que fica difícil explicar, aleluias, glória a Deus! Depois todas as crianças ganharam presentes, teve uma ceia logo após o culto que todos participaram. Nós vamos sair de férias por alguns dias para rever a família e matar um pouco da saudade, mas a igreja vai ficar em ótimas mãos, logo, logo estaremos de volta. Vou colocar fotos e videos.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

AMADOS QUE BATALHA ESTAMOS ENFRENTANDO!

MEUS QUERIDOS O INIMIGO TEM DE TODAS AS FORMAS TENTADO FAZER COM QUE A IGREJA E LIDERES ACREDITEM QUE ESTA HISTÓRIA DE BATALHA ESPIRITUAL É MENTIRA , ASSIM FAZENDO ELE , OS CRISTÃOS QUE SE DEIXAM CONVENCER PELO PAI DA MENTIRA , NÃO ASSUMEM UMA POSTURA DE GUERRA , FICANDO ASSIM DESAPERCEBIDOS CONTRA OS ATAQUES DAS TREVAS.
Existe um mundo espiritual que, embora não possamos ver, tem influência poderosa sobre o mundo físico.
A Bíblia faz referência a anjos e a demônios, seres espirituais que agem na terra. Antes da conversão, o homem é escravizado pelas forças do mal, Ef 2: 2-3, mas não tem consciência disso.
A partir do momento em que se entrega a Cristo, o crente se envolve numa intensa batalha espiritual. O príncipe do império das trevas, de onde fomos libertos, não se dá por vencido.
E daí? Vamos ignorar essas verdades ou vamos enfrentar esta batalha? Que armas temos à nossa disposição?  Nossas armas:
*Oração. Ef. 6: 18. Esta é a arma que nos coloca em contato direto com o mundo espiritual. A oração nos fortalece, nos capacita para conquistarmos todo o território que o diabo invadiu. Veja Marcos 3: 23-29.
*O Nome de Jesus. Fp 2: 9-10. É a arma mais poderosa contra o inimigo. Ele tem autoridade sobre os seres angelicais, sobre os homens e sobre os demônios. Jesus está acima de todo principado, e potestade, e poder e domínio, Efésios 1: 20-22.
As forças do mal invadem o local e o tornam pesado e carregado. Os demônios assediam as pessoas que moram ou freqüentam aquele lugar, exercendo pressão sobre elas e, muitas vezes, as levam à exaustão e à depressão. Essa invasão maligna só ocorre quando se dá lugar à ação do diabo. E muitas pessoas abrem as portas para o tentador. Quantas que, quando se reúnem, o que mais gostam de fazer é falar mal dos outros. São lares onde as palavras são instrumentos de destruição, ao invés de bênção e edificação.
Como obter vitória? O crente que luta contra essa ação do maligno é vencedor, porque seus pés estão firmados na Rocha Eterna, Sl 40: 2. A maneira que Jesus ensinou para vencermos o maligno é atacá-lo pela oração, jejuns e proclamação da Palavra, destruindo suas armas de engano e tentação demoníacas, Mt 17: 21.
  Quando estamos indo na direção certa, vemos nitidamente a ação do inimigo sobre as pessoas para que elas se afastam do propósito de buscar e servir a Deus, mas, o que nós fazemos? Simples, nos colocamos a disposição destas pessoas para ajudá-las e dizemos que elas não estão sozinhas, estamos nessa batalha juntos em oração e lado a lado com palavras de conforto e carinho, afinal foi por isso que Deus nos chamou para este lugar tão oprimido, tem horas que me sinto tão pequenininha igual a uma formiguinha diante de um elefante furioso, mas, lembro-me que tenho um Deus tão poderoso que nos capacita e nos dar forças para prosseguir.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

O Mito do Papai Noel Versus a Realidade de Jesus Cristo

14:56

Quando comparamos atentamente o mito do Papai Noel com a história bíblica real de Jesus Cristo, vemos a realidade chocante: que Satanás suplantou Jesus Cristo na vida de muitas pessoas.
Antes que você reaja sem pensar, separe alguns minutos para ler esta comparação entre os ensinos bíblicos de Jesus Cristo e os ensinos místicos do Papai Noel. Muitos pastores lamentam o fato de que o Papai Noel substituiu Jesus Cristo no coração e na mente de muitas crianças e adultos no nosso país atualmente. Quando você ler esta comparação, compreenderá que essa substituição no coração e na mente das pessoas não é acidental. Verá que Satanás, o mestre das marionetes, está puxando as cordinhas do mundo, levando os adultos e as crianças para longe de Jesus Cristo e em direção ao Papai Noel, que é o epítome do amor ao mundo e a tudo o que nele há.
Comparação Entre Jesus Cristo e o Papai Noel
*Jesus Cristo: Nosso Senhor e Salvador de Acordo com a Bíblia
*Papai Noel: A Falsificação de Acordo com o Mito Humano
*Jesus-Tem os cabelos brancos como a lã [Apocalipse 1:14]
*Noel-Tem os cabelos brancos como a lã
*Jesus-Tem barba [Isaías 50:6]
*Noel-Tem barba
*Jesus- Veste um manto vermelho [Apocalipse 19:13]
*Noel- Veste-se de vermelho
*Jesus- A hora da sua vinda é surpresa [Lucas 12:40; Marcos 13:33]
*Noel-A hora da sua vinda é surpresa
*Jesus- Trabalhou como carpinteiro [Marcos 6:3]
*Noel- Fabrica brinquedos de madeira
*Jesus- Vem como o ladrão de noite [Mateus 24:43-44]
*Noel- Vem como o ladrão de noite; entra na casa como um ladrão
*Jesus- Onipotente — o Todo-poderoso [Apocalipse 19:6]
*Noel-Onipotente — pode entregar todos os brinquedos no mundo inteiro em uma só noite
*Jesus-Onisciente — conhece todas as coisas [Hebreus 4:13; 1 João 3:20]
*Noel- Onisciente — sabe se a criança foi boa ou má o ano todo
*Jesus-Onipresente [Salmos 139:7-10; Efésios 4:6; João 3:13
*Noel-Onipresente — vê quando a criança está acordada ou dormindo. Precisa estar em toda a parte ao mesmo tempo para entregar todos os presentes em todo o mundo na mesma noite.
*Jesus-Vive para todo o sempre [Apocalipse 1:8; 21:6]
*Noel-Vive para sempre
*Jesus-Vive naqueles que o receberam [1 Coríntios 3:16; 2 Coríntios 6:16-17]
*Noel-Vive no coração das crianças
*Jesus-Distribui dons [Efésios 4:8]
*Noel-Distribui presentes
*Jesus-É a verdade absoluta [João 14:6]
*Noel-Fábula absoluta [1 Timóteo 1:4; 4:7; 2 Timóteo 4:4]
*Jesus-Senta-se em um trono [Apocalipse 5:1; Hebreus 1:8]
*Noel-Senta-se em um trono
*Jesus-Somos exortados a nos achegar ao seu trono de graça e a expor nossas necessidades a ele [Hebreus 4:16]
*Noel-As crianças são convidadas a se aproximarem do seu trono e a pedir tudo o que quiserem
*Jesus-Um de seus mandamentos é que os filhos honrem aos pais
*Noel-Diz às crianças para obedecerem aos pais
*Jesus-Convida as crianças a irem a ele [Marcos 10:14]
*Noel-Convida as crianças a irem a ele.
*Jesus-Julga [Romanos 14:10; Mateus 25:31-46]
*Noel-Julga se a criança foi boa ou má
*Jesus-Pai da Eternidade [Isaías 9:6]
*Noel-Papai Noel (Pai do Natal)
*Jesus-Menino Jesus [Mateus 1:23; Lucas 2:11-12]
*Noel-Kris Kringle [significa Menino Cristo]
*Jesus-Digno de receber orações e adoração [Apocalipse 5:12-14; Hebreus 1:6]
*Noel-As crianças adoram e rezam a São Nicolau
*Jesus-Senhor dos Exércitos [Malaquias 3:5; Isaías 8:13; Salmos 24:10]
*Noel-Senhor de um exército de elfos [na tradição druídica, os elfos eram demônios ou espíritos das árvores]
*Jesus-da Paz, a Imagem de Deus [Isaías 9:6; Hebreus 1:3];
*Noel-Símbolo da Paz Mundial, a imagem do período do Natal.

 Pode-se ver claramente que alguém criou uma falsificação secular de Jesus Cristo, colocando muitos de seus atributos no Papai Noel! Existem tantos pontos em comum, que é impossível que essa criação tenha sido acidental. Em Jó 1:6-7, vemos que Satanás passeia pela Terra como se ela fosse o terreno de um jardim, totalmente sob seu controle. Satanás pode ser imaginado como o mestre das marionetes, que puxa as cordinhas na Terra. Certamente, nestes dias finais, ele quer ter alguém que desvie a atenção, a admiração e o amor das crianças de Jesus Cristo. Mas, não somente isso, também quer contaminar as crianças desde cedo com a mais devastadora das doenças espirituais, o amor aos bens materiais e o amor a si mesmo, que acompanham o desejo de receber o maior número possível de presentes! A criação e a promoção do Papai Noel certamente cumprem todos esses objetivos.Lembre-se que uma das profecias de Jesus Cristo sobre o fim dos tempos é que o coração das pessoas estará extremamente frio com relação a ele.
“E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.” [Mateus 24:12].
Certamente, as crianças aprendem a ir à fonte errada para receber presentes, são encorajadas a se comportar bem durante o ano pelas razões erradas, e aprendem a amar os bens materiais, em vez de amar a Deus sobre todas as coisas. Isso nos faz lembrar de outra profecia bíblica:
“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus.” [2 Timóteo 3:1-4].
Essa profecia não descreve exatamente como está nossa sociedade nos dias atuais? As crianças estão aprendendo desde cedo a amar os bens materiais, a tentar obter o maior número possível de brinquedos, e a amar a si mesmas, tudo como conseqüência de acreditar nesse mito pagão do Papai Noel.

Pedimos que você receba essas informações com amor, como elas foram dadas. Você certamente não deve ensinar aos seus filhos o mito do Papai Noel. Ensine que Jesus Cristo é a razão do Natal. Não há nada de errado em dar e receber presentes, mas faça as crianças compreenderem que é muito melhor dar do que receber. Além disso, mostre-lhes que Jesus Cristo nos deu o maior presente de todos, o dom da vida eterna!
Quando você compreender o modo deliberado como o mito do Papai Noel foi criado, como uma falsa imitação de Jesus Cristo, poderá ver que as crianças podem ser facilmente desviadas espiritualmente crendo e participando nessa história. Mantenha o foco em Cristo para seus filhos.
Essas informações são apenas mais um exemplo que mostra como estamos vivendo nos últimos dias de grande engano e frieza nos corações. Juntamente com os muitos outros sinais do fim dos tempos, esse amor ao Papai Noel pagão é apenas mais um claro sinal do fim.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

MAIS UM PONTO DE PREGAÇÃO-ALELUIAS!!!

01:37
Ontem dia 08 às 20 horas deu-se início mais um ponto de pregação num bairro distante de nossa igreja na casa de uma das nossas ovelhas, teve 08 crianças e dois adultos, sem contar comigo o pastor e os donos da casa. Foi benção e o bairro é muito carente, tem muitas crianças. O objetivo num futuro bem próximo organizarmos mais uma igreja para honra e glória do nosso Deus, nos ajudem em oração, pois não tem sido fácil a batalha é muito grande, pessoas querem Jesus o Salvador, mas não o querem como Senhor, porque o negócio muda de figura, pois precisam ter um compromisso sério com Jesus, mudança, trabalhar na obra para ganhar mais pessoas para Jesus, muitas não querem isso, prefere ficar no seu mundinho particular sem se envolver com nada. Sabemos que não é bem assim que funciona, a salvação é para ser compartilhado, Deus precisa de nós para dar continuidade a sua obra, Ele precisa de nós, das nossas mãos, pés etc. O servo de Jesus tem uma missão desde quando O aceita é proclamar, trabalhar para que o reino de Deus cresça, já pensou se todos nós cruzássemos os braços e assim ficamos, ninguém mais lembraria de Jesus. Como já falei a batalha é muito grande, precisamos matar um leão a cada dia, o leão do egoísmo, da mentira, da critica destrutiva, da intriga, da indiferença que é o pior deles. São nesses momentos que passamos é que imaginamos o que Jesus sentiu quando veio ao mundo, principalmente para os seus e eles não o receberam, mas mesmo assim Ele deu a sua vida por amor. Nós deixamos tudo para trás, emprego, igreja, ministérios, amigos, familiares por amor as pessoas que a gente nem conhecia que aprendemos a amar com todo o nosso coração, oferecendo o que temos de muito valor que é a salvação através de Jesus o motivo da nossa felicidade, mesmo em meio às tempestades da vida. AVANÇAR SEMPRE, RECUAR NUNCA!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

PARTICPE DA TRANS 2012


13:22
A mobilização Jesus Transforma, ou Trans, como é mais conhecida, é uma ação missionária que envolve centenas de voluntários na proclamação do evangelho em cidades e bairros não alcançados, onde o conhecimento do verdadeiro Deus está ausente, objetivando ao fim a plantação ou a revitalização de uma igreja.
Ao fim de cada projeto, missionários nomeados por Missões Nacionais têm a responsabilidade de... dar continuidade ao trabalho em cada cidade e bairro alcançado, firmando na fé os novos convertidos, estruturando liderança e, por fim, tornando a igreja auto-sustentável e com DNA missionário.
Participar de uma Trans é, acima de tudo, demonstrar paixão pelas almas perdidas e comprometimento com o Reino. Os que decidem viver essa experiência passam antes por um período de treinamento e capacitação, recebendo informações sobre o campo de atuação e aprendendo técnicas de evangelização arrojadas que ajudarão nos trabalhos de visitação, abordagem nas ruas, trabalho com crianças e serviço social.
Além de ser uma ótima oportunidade para praticar o Ide de Cristo, a Trans proporciona períodos preciosos de comunhão com batistas de várias partes do Brasil.
Em 2012, Missões Nacionais espera por você para, juntos, saciarmos a sede de Deus nos seguintes estados:

Trans Amazonas
14 a 29 de janeiro
Cidade base: Codajás

Trans Sergipe
5 a 22 de janeiro
Cidade base: Itabaiana, SE

Trans Santa Catarina
7 a 22 de janeiro
Cidades bases: Florianópolis e Chapecó

Trans Paraná
7 a 22 de janeiro
Cidade base: Cascavel, PR

Trans Rio Grande do Sul
28 de janeiro a 12 de fevereiro
Cidades bases: Porto Alegre, Caxias do Sul, Pelotas, Uruguaiana, Ijuí e Santa Maria

E prepare-se! Em julho teremos Trans em todo o Brasil. Estimule sua igreja a participar dessa grande mobilização missinária.

Para participar: http://www.missoesnacionais.com.br/publicacao_projetos.asp?codCanal=6&codigo=33632&codigo_pai=24&codPublicacao=24
Ver mais

:: MISSÕES NACIONAIS :: Junta de Missões Nacionais

www.missoesnacionais.com.br

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

2º DOMINGO DE DEZEMBRO- O DIA DA BÍBLIA

18:32
A origem do dia da bíblia.


Durante o período do Império, a liberdade religiosa aos cultos protestantes era muito restrita, o que impedia que se manifestassem publicamente.

O Dia da Bíblia surgiu em 1549, na Grã-Bretanha, quando o Bispo Cranmer, incluiu no livro de orações do Rei Eduardo VI um dia especial para que a população intercedesse em favor da leitura do Livro Sagrado. A data escolhida foi o segundo domingo do Advento - celebrado nos quatro domingos que antecedem o Natal. Foi assim que o segundo domingo de dezembro tornou-se o Dia da Bíblia. No Brasil, o Dia da Bíblia passou a ser celebrado em 1850, com a chegada, da Europa e dos Estados Unidos, dos primeiros missionários evangélicos que aqui vieram semear a Palavra de Deus.
Durante o período do Império, a liberdade religiosa aos cultos protestantes era muito restrita, o que impedia que se manifestassem publicamente. Por volta de 1880, esta situação foi se modificando e o movimento evangélico, juntamente com o Dia da Bíblia, se popularizando.
Pouco a pouco, as diversas denominações evangélicas institucionalizaram a tradição do Dia da Bíblia, que ganhou ainda mais força com a fundação da Sociedade Bíblica do Brasil, em junho de 1948. Em dezembro deste mesmo ano, houve uma das primeiras manifestações públicas do Dia da Bíblia, em São Paulo, no Monumento do Ipiranga.
Hoje, o dia dedicado às Escrituras Sagradas é comemorado em cerca de 60 países, sendo que em alguns, a data é celebrada no segundo Domingo de setembro, numa referência ao trabalho do tradutor Jerônimo, na Vulgata, conhecida tradução da Bíblia para o latim. As comemorações do segundo domingo de dezembro mobilizam, todos os anos, milhões de cristãos em todo o País.

Fonte: www.sbb.org.br

domingo, 4 de dezembro de 2011

ENCONTRO DE MULHERES DA AIBASINOS EM NOSSA IGREJA

15:33
Olá boa tarde para vc que está lendo esta postagem.O domingo está ótimo com um clima muito gostoso, hoje pela manhã teve a programacão da rádio na direção do pastor Walter que foi com a nossa filha Naiara que fica na técnica e a Jéssica nossa ovelha que fica atendendo o telefone. O programa vai ao ar  aos domingos das dez ao meio dia, Palavra e Vida é o nome do programa se vc quizer um dia ouvir a rádio que está online http://www.radiofelicidadefm.com.br/ será um imenso prazer! Mas eu quero falar do encontro de mulheres da associação AIBASINOS que teve em nossa igreja neste sábado dia 03/12 às 14 horas, foi muito bom tiveram presentes umas 60 pessoas, a nossa ovelha Daniele quem foi que dirigiu a pedido nosso e fez muito bem por sinal, ela cantou Apenas um Toque, ministrou o louvor com o ministério, teve palestra com a irmã Jeri da Igreja Batista Boas Novas de Novo Hamburgo, amiga secreta, coreografias e um delicioso lanche, tudo perfeito! Fizemos novas amizades. Nos aqui começamos reunir as mulheres da igreja faz uns três meses uma vez por mês na casa de alguma senhora tem sido muito bom, pretendemos no futuro organizar uma MCA (Mulher Cristã em Ação) que é uma organização muito forte nas igrejas batistas. Veja as fotos depois colocarei vídeos. Um grande abraço.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

QUE É MESMO O NATAL?


Que é mesmo o Natal?
Festas, presentes, compras, viagens, encontros familiares?
O cristão deve ter em mente que o Natal
tem um sentido não apenas humano,
mas profundamente espiritual.
É o que podemos aprender a partir do registro
feito por Mateus sobre o nascimento de Jesus.
Mateus 2: 1-12

Estamos no mês natalino. Apesar de não ser a data correta, pois não se sabe ao certo em que dia o Senhor Jesus nasceu, até porque não há uma data específica registrada na Bíblia, o dia 25 de dezembro, tradicionalmente, é considerado o dia do seu nascimento.
Por isso, é um dia comemorado e festejado por todos. Para muitos, Natal é um dia especial em que pessoas viajam para rever parentes e amigos. Para outros, Natal é promover festas, é uma oportunidade para se deixar extravasar os desejos da carne. Para uma criança, é uma data desejada e esperada com muita ansiedade para se ganhar presentes.
Talvez, para muitos, o Natal seja um momento do ano em que as famílias se reúnem para se alegrar e agradecer a Deus por mais um ano que se passou. Para os empresários e comerciantes, é um dos eventos festivos do ano que abre o maior espaço para vendas em todos os aspectos.
Na verdade, o Natal que a humanidade comemora tem pouco a ver com o nascimento de Jesus. Biblicamente, Ele nasceu um dia em Belém da Judeia. Seu nascimento foi singular, simples e humilde. Em Belém nasceu Jesus, a parte humana, a carne do verbo, as vestimentas de carne e ossos com as quais o verbo se cobriu para que pudéssemos ver a sua glória, Jo 1: 1-3.
E para o cristão, o que é mesmo Natal? Festas, presentes, compras, viagens, encontros familiares, etc. O cristão deve ter em mente que Natal para ele tem um sentido profundamente espiritual, e não apenas um sentido humano. Vejamos, então, o que podemos aprender a respeito do Natal cristão, a partir do registro feito por Mateus sobre o nascimento de Jesus, em Mt 2: 1-1?
Natal é uma busca constante do verdadeiro Jesus
Os magos que vieram do Oriente perguntaram: onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Sendo eles incumbidos pelo rei Herodes a respeito do menino Jesus, v. 8, partiram em busca do recém-nascido, Vv. 1 e 9.
Eles empreenderam uma longa viagem para encontrar-se com o desejado das nações. Natal é, portanto, exatamente isso: uma busca constante do verdadeiro Jesus. Hoje, muitos o buscam de três maneiras distintas:
a) Buscam o Jesus que não é verdadeiro, de maneira errada: os sacerdotes e os levitas que foram enviados pelos judeus perguntaram a João Batista: Quem és tu? Eles buscavam o Jesus verdadeiro, mas João Batista não o era, Jo 1: 19-20.
b) Buscam o Jesus verdadeiro de maneira errada: em Lucas 2: 48 e 49, seus pais o buscam em lugares em que Ele não estava presente. Buscavam o Jesus verdadeiro, mas não o encontraram onde fora procurado.
c) Buscam o Jesus verdadeiro de maneira verdadeira: os magos fizeram isso e o encontraram com a sua mãe, Mt 1: 11. Nossas irmãs, Maria Madalena, Joana e Maria foram surpreendidas quando os anjos lhes disseram: por que buscais entre os mortos quem está vivo?
Graças a Deus porque o Jesus a quem servimos é verdadeiro e está nos céus, à destra do Pai. Devemos buscá-lo de todo o nosso coração, Mt 7: 7, enquanto podemos encontrá-lo, Is 55: 6.
Natal é uma adoração constante ao verdadeiro Jesus
Os magos, guiados pela estrela que tinham visto no Oriente, chegaram à casa de Maria, mãe de Jesus, encontraram o menino, e, prostrando-se, o adoraram. Um dos propósitos dessa longa viagem era adorar a Jesus: viemos a adorá-lo, v. 2.
A adoração verdadeira é um dos aspectos relevantes do Natal. Ou seja, não existe Natal sem o compromisso de adorar o menino (Rei) Jesus. Portanto, Natal sem adoração ao Deus Trino e Uno não é Natal. Nesse sentido, todos os dias podem ser Natal, pois todo o dia podemos adorá-lo em Espírito e em verdade, Jo 4: 24.
Porém, não é bem assim que acontece em nossos dias. O mundo comemora o nascimento de Jesus com bebedeiras, festas, etc. Este é o tipo de Natal sem sentido, sem valor, sem espiritualidade e sem aceitação divina, porque não alegra o coração de Deus.
O Natal cristão precisa ser uma constante adoração ao verdadeiro Jesus, que vive e reina para todo o sempre. É ir à igreja não por um hábito, ou por mero costume, ou para ver alguém, mas para adorá-lo com um coração preparado, Sl 108: 1.
Por isso, todo culto, quando o adorador se comporta diante de Deus com adoração verdadeira, pode-se dizer que é dia de Natal, pois Jesus está sendo reverenciado como o Deus-Filho.
Natal é abrir o coração e oferecer presentes a Jesus
Os magos, depois de buscarem o menino Jesus, encontrando-o, adoraram-no. Então, abrindo seus tesouros, apresentaram-lhe presentes, tais como: ouro, incenso e mirra, v. 11. Vejamos o que isto pode simbolizar para o cristão:
a) Ouro: metal precioso, amarelo e brilhante. Simboliza a realeza de Jesus, ou seja, sua dignidade de Rei. Ele nasceu como rei. Ele é o Rei da glória, Sl 24. Uns o conhecem como um simples homem que marcou a História. Nós o reconhecemos e adoramos como Rei dos reis e Senhor dos senhores.
b) Incenso: resina aromática que se queimava na antiga dispensação. Isto pode simbolizar o lado divino de Jesus. Nesse aspecto, os magos estavam reconhecendo Jesus como Filho de Deus. Quando o cristão aceita a divindade de Jesus, ele está abrindo seus tesouros e dando presentes a Jesus.
c) Mirra: resina odorífera, medicinal, produzida pelo “balsamodendron”. Analisando o texto de forma abrangente, nesse caso, mirra poderá simbolizar sacrifício. Talvez seja o sacrifício que eles (os magos) empreenderam na longa jornada para ver a criança recém-nascida.
Um dos maiores presentes que podemos dar a Cristo é a nossa vida como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o nosso culto racional, Rm 12: 1. Portanto, abramos nossos tesouros, nossos corações e apresentemos ao Senhor Jesus nossas dádivas. Ele merece. É Natal! Ele nasceu em nossas vidas, aleluia!



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...