quarta-feira, 9 de junho de 2010

MISSÕES EM SAPIRANGA-DIA DO PASTOR 2º DOMINGO DE JUNHO

23:47
Ser pastor


Ser pastor em primeiro lugar, é ser humano. Alguém que vive os mesmos dilemas que qualquer membro da comunidade cristã vivencia. É viver a vida com graça, a manifestar a graça do Senhor, mesmo quando as circunstâncias são adversas.
Ser pastor é ter a consciência de que foi escolhido por Deus, para fazer parte do grupo que exerce o mais excelente ministério (1 Tm 3.1). É fazer parte do grupo que desiste dos seus sonhos profissionais e de sua carreira para sonhar os sonhos que o Senhor tem traçado para sua própria vida.
Ser pastor é doar-se aos demais. É ser uma pessoa aberta e sempre acessível aos seus irmãos e também ao seu próximo. Isto implica, muitas vezes ter que abdicar de horas de sono. É necessário em muitos casos, vencer o seu cansaço para poder ajudar alguém ou até mesmo ter uma palavra amiga para uma pessoa aflita ou alguém que está em sofrimento.
Ser pastor é ser mensageiro de Deus. Anunciador das boas novas. É ser uma voz que clama com ousadia. Muitas vezes, a mensagem será dura, outras promoverá conforto e consolo. Muitos compreenderão os seus pecados e render-se-ão aos pés do Salvador. Ser pastor é ser voz e nada além disto.
Ser pastor é ser guia. O pastor segue o caminho antes dos demais. Orienta os seus irmãos e mostra-lhes qual o caminho que deve ser seguido. Isto significa que, enquanto todos estão em segurança, muitas vezes o pastor está a percorrer o pântano tenebroso para poder conduzir o rebanho ao qual serve em segurança (Sl 23.4). Ele não abandona os seus, está presente na hora da angústia a guiá-los em segurança.
Ser pastor é chorar em silêncio. É sofrer sozinho. É ser alguém que tira forças de onde muitas vezes parece que já não existe nenhuma para poder fortalecer os que em sofrimento lhe procuram. É ser consolado pelo consolo e conforto que vê que promoveu na vida dos seus irmãos. É alegrar-se na vitória daqueles que ele tanto ama.
Ser pastor é ser membro de uma família. É ser marido, pai, amigo e pastor dos mesmos. É ser presente, mesmo quando o tempo parece ser tão pouco. É ter a coragem de parar para poder ser pai e marido. É simplesmente ser.
Ser pastor é fundamental e acima de tudo, é ser um cristão salvo pela graça do Senhor Jesus. É alguém que compreendeu que sua vida não faz sentido sem a comunhão e intimidade com o Senhor e o seu povo.
DEDICO ESTAS PALAVRAS AO MEU ESPOSO WALTER LUIZ, 2º DOMINGO DE JUNHO É O DIA DO PASTOR.

**MISSIONÁRIOS ANIVERSARIANTES DO DIA***
Nelson Elisiário L.de  Araújo-Guarulhos SP
 Ruth Calvancanti Freire da Rocha-Junta de Missões Nacionais
Raquel Ferreira (Radical)- Cabo Verde África Ocidental

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...