domingo, 18 de janeiro de 2009

MINHA HISTÓRIA

1ª PARTE
A minha conversão foi muito marcante para mim, foi por intermédio de um primo meu, seu nome? Natan, nós morávamos em Catiri-Bangu na baixada, ele era membro da Igreja Batista em Catiri e me convidava constantemente para visitar a sua igreja, eu não ligava.Era uma adolescente apática, sem vida, mais tinha algo que me incomodava não sabia o que era, vivia por viver simplesmente.Fui uma criança infeliz doente, infeliz, crescia num lar em que presenciava cenas não muito legais entre meus pais, não havia carinho entre os dois, algumas brigas.Minha mãe não era feliz em seu relacionamento sentia isso em seu olhar, mais era uma boa dona de casa, tudo era limpinho apesar de sermos pobres, arrumadinho e nós, digo nós que eu tinha mais três irmãs, eu era mais velha são elas Maria Antonia que nasceu depois de mim, ai vem a Ana Maria , Rosa Maria, bem depois veio a caçula Chirlene, minha mãe teve três meninos mais não era da vontade de Deus que eles ficassem entre nós, morreram depois que nasceram.Eu cuidava das minhas irmãs, morávamos em Vigário Geral, lugar não muito legal, cheio de violências, muito pobre, casas de madeira, mas graças a Deus nunca aconteceu nada de ruim conosco fisicamente, meu pai sempre foi um trabalhador não tenho o que reclamar dele sobre isso, só que nunca tive sequer um carinho dele, mas graças a Deus hoje eu entendo o por que de nada de ruim aconteceu comigo fisicamente que tirasse a minha vida, o meu destino já estava traçado por Ele. Quando resolvi ir a igreja, foi algo inexplicável, me senti amada por aquelas pessoas, que vieram ao meu encontro me abraçando por que eles estavam felizes pela minha presença, assisti o culto, gostei dos louvores de tudo que aconteceu ali, pois para mim era diferente, prestei muita atenção na mensagem, quem pregou naquela noite era o pastor da igreja Sebastião Madeira, hoje ele está com o Senhor. Lembro-me bem de sua mensagem que foi sobre o principio da dores e a vinda do Senhor, nossa como aquela mensagem me marcou, fui embora, naquela noite não fiz a minha decisão, mais eu pedia a Deus que passasse aquela semana logo, para chegar o domingo a noite para fazer a minha decisão ao lado de Cristo. Foi o dia mais feliz da minha vida, onde eu senti literalmente Jesus pegar todos os meus fardos pesados de minhas costas e carrega-los, tudo de ruim saiu da minha vida, as tristezas, angustias, me deu alegria de viver, pois aos nove anos só pensava em me matar de várias maneiras. Lembro-me bem em um dia que estava sozinha na cozinha, peguei uma faca grande e algo sussurrava no meu ouvido- é agora, vai você está sozinha, acaba com isso logo, eu cheguei a colocar em direção do meu umbigo e pensava qual seria a sensação dela entrando bem devagar? Nossa algo mais forte que eu me fez retornar a realidade e parei, estava muito nervosa, suava frio. O que o inimigo não faz, ele sabia que eu seria de Jesus e queria acabar com a minha vida, mais o meu Deus é muito mais forte e poderoso e hoje estou aqui para a glória de Deus.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...