sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA- 16ª PARTE


DIA 30/01/2009-(SEXTA-FEIRA)
12:53

Nesta quarta-feira estava chovendo e não fomos de bicicleta na casa do casal "E", fazer o discipulado é um pouquinho longe, enfim caminhamos, é bom que conversamos pelo caminho sobre novas idéias, oque fazer, nossos projetos. Mais chegando lá, estava tudo fechado, mesmo assim chamei várias vezes e ninguém respondeu, que pena, não sabemos oque aconteceu. Eu deixei um bilhete na caixa do correio avisando que nós fomos até eles que sentimos muito, porque gostamos de está com eles falando da Palavra do Senhor. Ontem quinta-feira já era mais de 22hs, o rapaz da família "C" nos ligou dizendo que a sua cunhada estava no posto de saúde, estava passando mal, nós nos arrumamos e fomos até lá, afinal é nossa ovelha querida, chegando lá tinha sido medicada, estava no soro, foi um susto para sua mãe, conversamos sobre sua saúde, oramos juntos.A irmã a mãe nos confidenciou uma coisa que nos deixou muito feliz, que Deus a alguns meses atraz tinha já tinha colocado em seu coração que viria alguém em resposta a suas orações abrir uma igreja Batista tradicional em sapiranga, ela pedia a Deus para enviar alguém e nós lhe falamos também que ela e sua família era a nossa resposta de oração, porque também desde a nossa chegada aqui as nossas orações era pra que Deus nos enviassem pessoas para nos ajudar, trabalhar lado, pessoas que tenham compromisso sério com Jesus.Aleluia Deus é fiel. Enfim ficamos com elas até ela ser liberada e levadas para casa e fomos embora.
"Por isso nunca ficamos desanimados.Mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia." (2Cor.4.16)
**Na semana que vem estaremos viajando para o Rio para continuar o tratamento da Naiara, temos consultas com o médico de lá e aproveitaremos ver nossas famílias, que saudades!!!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA- 15ª PARTE

Dia 28/01/2009- (quarta-feira)
20:47

Hoje fez muito calor durante o dia, o tempo estava abafado, agora está chovendo, mais continua abafado. Hoje aconteceu duas coisas maravilhosas, iremos vamos começar um ponto de pregação no bairro Pinheirinho, onde mora a família "C", a irmã mais seu genro estiveram aqui em casa e conversamos sobre isso. O ponto de pregação será em sua casa, já tem pessoas lá e muitas crianças, já visitamos aquele bairro e Deus já colocou em nossos corações de falar do amor de Deus naquele lugar. Haverá naquele lugar, estudo da Palavra, oração e trabalho com crianças, a família "C" estará nos ajudando, louvado seja Deus.
E tembém pretendemos ter uma programação de rádio aqui em Sapiranga, levando o evangelho para todos que ouvem a rádio, já entramos em contato com uma rádio daqui, através de sua locutora muito simpática, Deus está abrindo caminho, nos ajudando. Ore por nós.

domingo, 25 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA-12ª PARTE

Dia 25/01- domingo-
São 14:32

Hoje pela manhã, fomos os três para a igreja, pedimos ao irmão "A" para nos buscar de carro, pois a Naiara ainda está com os pontos da cirurgia, só vai retirá-lo no dia 02/02, é tão bom quando vamos os três fico muito feliz. O culto foi benção tivemos 10 pessoas, cantamos, oramos pelos irmãos, pela igreja, pelos amigos, parentes, pelo povo de Sapiranga. A naiara minha filha louvor ao Senhor com a música Apenas um Toque de Fernanda Brum, e o genro da família "C" também louvor ao Senhor, eles vem de bicicleta, ou de ônibus até a igreja. Mais aconteceu algo antes do culto, entrou uma jovem senhora pela porta a dentro, chorando, angustiada, precisando de ajuda, eu fui até ela, pedi para sentar, o meus esposo também veio até ela, deixamos ela falar, está grávida de 4 meses, depois conversamos com ela, está muito oprimida, doente fisiscamente e principalmente espiritualmente, quer ajuda, oramos juntos com ela, nos colocamos a disposição para ajudá-la, ela queria ir ao médico um irmão de nossa igreja a levou de carro junto com a sua esposa. Ela prometeu voltar a igreja, mais nós pretendemos lhe fazer uma visita. Ser benção na vida das pessoas é a maior maneira de viver!

sábado, 24 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA- 11ª PARTE


Dia 19/01 (segunda-feira)


Nos aconteceu algo que nos deixou muito feliz a irmã da família "C" nos telefonou dizendo que o seu genro e sua filha conversaram e chegaram a uma conclusão de seguir juntos a Jesus em nossa igreja, ela ficou muito feliz e quiz logo nos falar a novidade, porque eles sempre foram batistas, conheceram Jesus na batista, eles visitaram a nossa igreja e gostaram. Neste dia nós estávamos nos arrumando estávamos nos arrumando para ir na casa de um outro missionário da JMN Pr. Gilnei e sua esposa Deise para uma reunião do nosso pólo em sua casa na direção do Pr. Sérgio de Estância Velha e o Pr. Marcos de Parobé estava em casa ia nos levar.Chegamos lá fizemos a reunião, montamos o calendário, dias de programação juntos, estratégias, enfim foi muito boa

Dia 20/01 ( terça-feira)


O Pr. Walter pediu a irmã da família "C" para fazer um culto de oração, pois nós não estaríamos presentes para o estudo bíblico pois era o dia da cirurgia da nossa filha Naiara em Novo Hamburgo no hospital da UNIMED. Graças ao nosso bom Deus correu tudo bem com ela durante a cirurgia, ficamos o dia todo no hospital e veio a noite esperamos ela ser liberada, chegamos em casa umas dez horas da noite + ou -.


Dia 21/01 (quarta-feira)- 19h:30

Graças a Deus fizemos o primeiro estudo na casa do casal "E" , eles ouviam tudo atentamente,nosso como oramos por este casal! Foi com muita emoção poder falar do amor de Jesus por eles, nisso ainda estava no começo do estudo apareceu a irmã dela e ela também ouviu atentamente. Tudo tem um propósito

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA- 10ª PARTE


Dia 15/01/2009-(quinta-feira)-22h:15

Ontem a noite fomos fazer uma visita a pedido do casal "E", saimos de casa ás 19h:30 e terminamos ás 22h:30. Foi muito a nossa conversa com eles, papo agradável. Entregamos uma Bíblia e um livrinho de discipulado, eles querem se firmar na igreja, conhecer pois eles não conhecem nada da igreja Batista, como funciona, ela no caso nos fez bastante perguntas de como é, como agimos, vamos acompanhá-los, estamos orando por eles. Hoje recebemos um telefonema da "A" para irmos até a sua casa, precisava conversar, desabafar, já era noite, mais mesmo assim nos arrumamos e fomos até lá, afinal é nossa ovelha e estamos aqui pra isso. Chegamos lá estava trabalhando, esperamos que ela terminasse o seu serviço, pois o seu esposo tinha saido. Ela desabafou, ouvimos atentamente, quer acertar, ser feliz, seguir a Jesus.E ali aconselhamos com a direção do Espírito Santo. Somos escolhidos para amar essas pessoas, ajudar, orientar sob a direção do nosso Deus.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA- 9ª PARTE



Dia 12 (segunda-feira)


- Hoje está fazendo muito calor, mais está gostoso o tempo, tem vento e refresca um pouco. Ontem a noite fomos para a igreja de bicicleta, eu e o meu esposo a Naiara ficou, porque a noite fica um pouco difícil de leva-la até a igreja é muito cansativo para o Walter, porque não temos a carona abençoado do casal “A” aos domingos a noite eles não vão, devido a lancheria ( restaurante), eles não abrem de manhã vão a igreja e a noite tem que abrir devido a sua freguesia certa.Bom como eu ia dizendo e sendo a noite eu teria que voltar sozinha para casa.ai a minha querida fica em casa coisa que me dói muito o coração, eu não fico bem, estando lá esperando se alguém chega para começarmos o culto, apareceu o jovem “D” um jovem sobrinho da irmã “B” V que a muito tempo não comparecia a igreja, nem sequer terminamos o discipulado com ele, ele sentou perto de nós e começou a conversar dizendo que estava dando tudo errado na vida dele, quando ele estava na igreja era melhor-meu esposo aproveitou e lhe falou a verdade, ouvia atentamente e disse que quer continuar na igreja, nós ficamos felizes e vamos acompanha-lo com muito carinho.É um jovem que precisa de Deus, é praticamente sozinho, doente é diabético e nós como igreja vamos ajuda-lo. Depois chegou o irmão da família “C” o esposo e começamos o culto. Depois estávamos indo embora no caminho conversando com ele, ele seguiu o seu caminho e nós o nosso, no trajeto encontramos um casal, que oramos muito por eles, aqui será o casal “E” ele é também sobrinho da irmã “B” e sua esposa e seu filhinho , seguimos o caminho com eles conversamos, eles pararam numa pizzaria e querem a nossa presença na quarta-feira em sua casa e nós vamos, eles tem desejo de participar da igreja.Eles não são casados, ele toca na noite, ela trabalha fora, conclusão precisam de Deus. Estamos esperando o nosso carrinho, não sei quando ele vai chegar.




Dia 13- Quarta-feira- 10h:43-

Ontem fomos para a igreja a noite, como sempre sigo a pé até a lancheria do casal “A” pq o Walter leva a Naiara de bicicleta. Foi bom, o Walter fez o estudo do livro de Rute, as terças-feiras é estudo bíblico e ele está falando sobre os livros da Bíblia, começou em Gênesis, estava como sempre o casal “A”,o jovem “D”, Naiara e eu, estamos cantando hino do CC e também hinos novos com CD. Hoje a noite iremos visitar o casal “E”, antes as 16hs iremos ao médico em Novo Hamburgo marcar a data da cirurgia de Naiara para retirar o parafuso, estamos ansiosos para isto, para que ela se recupere logo, pois estamos com muita vontade em Fevereiro ir para Magé rever os familiares e amigos, iremos aproveitar para que o médico em Teresópolis de uma olhada na Naiara, ele quer acompanhar o caso dela. Estou a espera de um milagre para que após essa cirurgia a minha filha tenha uma melhora que tudo que os médicos disseram, sim porque eles já deram seus diagnósticos, o que eles puderem fazer já fizeram, agora é com o nosso Deus e é isso que estamos pedindo, um milagre naquele local da cabeça femoral da perna esquerda para que ela tenha uma qualidade de vida melhor. Ainda estamos esperando o nosso carrinho que está lá no Espírito Santo, não sei quando ele vai chegar.


Dia 14/01


– quarta-feira- ás 18hs:34- Chegamos de Novo Hamburgo, e o médico nos pediu para ligar na sexta que ele vai nos dizer o dia da cirurgia, que será na semana que vem se Deus quiser é simples, ela poderá vir no mesmo dia, não sei, mais vamos ver.

MISSÕES EM SAPIRANGA- 8ª PARTE


10/01/2009 (sábado) - ás 15h: 30


Passamos a entrada do ano novo (2009) na igreja do Pr. Marcos em Parobé eu tinha me esquecidi de escrever isto no dia em que chegamos em casa, foi muito bom, ali estava a irmã do pastor e seu cunhado que moram em Santa Catarina, as quatro ovelhas dele os únicos por enquanto, as nossas ovelhas que convidamos o casal “A” e a irmã dele e sua sobrinha.Neste dia teve a ceia do Senhor e o pastor Marcos nos pediu para servir os elementos da ceia, que pra nós foi surpresa, foi um momento muito emocionante para mim, pela primeira vez que eu participei da ceia em seis meses no campo, ali cantamos, oramos, ouvimos testemunhos que muito nos emocionou tanto o da ovelha do pastor Marcos, quanto a nossa o irmão “A” disse que estava muito feliz em seguir a Jesus, pela sua salvação. É muito bom ouvir isso da felicidade e de como Jesus transforma, muda a pessoa.

11/01- (domingo)-


Ontem sábado fomos fazer uma visita a família “C” , fomos para a igreja eu e meu esposo Pr. Walter a Naiara não quis ir, chegando lá o esposo dela já estava nos esperando , homem calmo, tranqüilo na sua maneira de falar. Pegamos o ônibus e conhecemos mais um pouco da cidade, ainda não tínhamos ido por aquele caminho e nem conhecíamos o bairro Pinheirinho onde moram.Bairro tranqüilo, uma família simples, batemos um gostoso papo, conhecemos um pouco mais a família que é composta pela irmã “C” a esposa, irmão “C” o esposo, sua caçula e sua primogênita e seu genro , todos muito simpáticos. Ela a dona da casa nos confidenciou algumas coisas e nós a ouvimos e na luz da Palavra e guiados pelo Espírito Santo assim cremos lhe falamos.Tomamos chimarrão com eles e depois jantamos que delícia!!! Mas antes esqueci de contar que apareceu ali o irmão caçula do genro que está afastado da igreja, ele tem 17 anos, um rapaz simpático, bonito cheio de vida, foi na conversa de colega se afastou da igreja, toca bateria, canta. O meu esposo não perdeu tempo, tocado pelo Espírito Santo lhe falou profundamente sobre o pecado, sim porque este era o motivo do seu afastamento, se achava um pecador. Conversamos com ele, ele por sua vez ouvia atentamente, agora é com ele a decisão de voltar, esperamos que sim.



MISSÕES EM SAPIRANGA- 7ª PARTE



Dia 06/01- (terça-feira)


- a noite nos estudo bíblico de nossa igreja, foi muito bom, contamos com a presença como sempre do casal “A”, uma família que está vindo, aqui vou colocar a família “C” a irmã e sua filha mais nova de 14 anos, depois chegaram o irmão Rubens e Vani sua esposa e filho Thiago da Batista Independente de Campo Bom esses nomes são verdadeiros pois não fazem parte de nossa igreja, tivemos no começo pedidos de oração e assim oramos juntos de joelhos.A irmã da família “C” nos contou que estava orando uns 7 meses por uma igreja Batista em Sapiranga, pois ela era Batista por muito tempo, só que a igreja se desfez e ela foi junto com sua família para Brasil para Cristo que frequentou por algum tempo.

No dia 07/01/2009 (quarta-feira)

Fizemos uma visita a pedido do irmão Rubens a sua igreja em Campo bom, conhecemos mais uma igreja e assistimos um culto muito bom com bateria, guitarra, , flauta, sax ,já estava com saudades de ouvir uma equipe de louvor, nossa que alegria imensa, me fez recordar muitas coisas da minha igreja amada do RJ e cantaram corinhos antigos, que me fez muito recordar o tempo da minha conversão.

Dia 08/01/2009 (quinta-feira)

recebemos a visita do Pr. Sérgio, Rosita sua esposa e filho Pedro Henrique e Pr. Marcos de Parobé foi momento muito agradável, conversamos muito, rimos, brincamos, contamos experiências, papo vai papo vem o Pr. Sérgio nos contou uma grande novidade , foi quando o Pr. Sérgio contou sobre a nossa situação aqui em Sapiranga para os irmãos do Espírito Santo, que precisávamos de um veículo para o trabalho aqui e levar a nossa filha Naiara nos cultos, pois ela não pode andar por muito tempo nem de bicicleta, quando o meus esposo o Pr. Walter a leva de bicicleta eu vou a pé, ando 30km até chegar a igreja, isso se não vou de carona com o casal “A” que é caminho da igreja onde eles moram, eles nos tem abençoado com essa carona. Ai eles falaram que agora sabiam da nossa situação, vamos esperar.

MISSÕES EM SAPIRANGA- 6ª PARTE

Dia 24/12/2008- (quarta-feira) ás 14hs- Foi colocada a placa da igreja, ficou muito bonita, demorou mais de trinta dias para ficar pronta. Agora todos que passam na Av.Major Bento Alves no bairro 07 de Setembro vai identificar a PIB em Sapiranga. Estava chovendo neste dia, não muito, mais dava para molhar.

MISSÕES EM SAPIRANGA- 5ª PARTE

Dia 23/12/2008- (terça-feira)

Teria sido a nossa primeira programação de natal, nem deu para ir, pois choveu demais, com muita água, ventos, relâmpagos. Nós não temos condução e fica impossível irmos a pé ou de bicicleta com chuva, até que neste dia íamos pegar um taxi, pois estava o meu sogro e minha sogra em casa, eles iam também, a chuva não deixou e ninguém foi neste dia. Foi uma pena.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

MISSÕES EM SAPIRANGA- PARTE 4ª

Dia 21/12/2008-( domingo)


Hoje pela manhã fomos para o culto em nossa igreja, Naiara carregada na bicicleta pelo Pr. Walter e eu a pé. Nós sempre descemos o elevador juntos, ele vai até a gragem(rsrsrs) pegar a bicicleta e eu vou na frente. Depois eles passam por mim.Pecorro uns 30km at´r chegar a igreja, hoje o sol já estava bem quente, engraçado que a cidade fica muito calma, quase ninguém na rua é muito difícil ver alguém.No caminho passamos pela lancheria do casal "A", quando eles estão nos dão uma carona por sinal muito bem vinda, mais hoje o Walter não deixou a Naiara, ele sempre deixa e nós vamos juntas no carro, eu parei e fui com eles. Chegando lá esperamos a hora de comçear o culto, porque estava cedo, eu a Naiara aproveitamos para ensaiar o hino de natal 25 do CC, para cantar no culto. O culto começou e o Pr. Walter tinha preparado a mensagem sobre a oração, fizemos um período muito bom de oração separados.O Pr. ficou com os homens, neste dia estava o casal "A", mais um visitante da Ass.de Deus, eu fiquei com com a esposa "A" e a Naiara ficou com o filho do esposo "A". Ela me contou oque se passava em seu coração, os conflitos, problemas com seus filhos, sim ela tem dois filhos do outro casamento. medos, sonhos, foi muito legal eu pude ouvi-la bastante, vendo que ela queria desabafar e depois falei, mais antes de falar eu pedia a Deus para me ajudar, me dando sabedoria, dicernimento para dizer-lhe aquilo que seria da vontade de Deus. Depois nos reunimos e cantamos, oramos e fomos embora. O casal "A", sempre quando pode nos abençoa, nos levando em casa, enquanto o meu esposo vem de bicicleta.

A Noite, fomos para aigreja e lá ficamos esperando se alguém aparecesse, sim o casal "A" não vai a noite porque abre a sua lancheria a tarde, porque eles vão para a igreja pela manhã. O casal "B", tem casa de praia, eles ~foram passar o natal e a entrada do ano novo lá com a família, mais apareceu um casal muito legal que está nos visitando, junto com o seu filhinho de sete anos.Ali fizemos um período de oração, mais antes conversamos um pouco, oque se passava em nosssos corações, sonhos ect...O meu esposo ficou com o jovem senhor e eu fiquei com a jovem senhora. Foi muito bom, anossa meta é orar mais, nem que seja só nós dois.

MISSÕES EM SAPIRANGA- 3ª PARTE


Dia 19/12-(sxta-feira)


Estamos na quarta semana desde quando o projeto clamor foi inaugurado, com o objetivo de oramrmos juntos pela nossa cidade, pelas famílias, amigos e irmãos em Cristo, toda sexta-feiras ás 19:30. Na primeira sexta-feira o casal o casal "A" apareceram, foi muito bom, cantamos hinos do CC, lemos a Palavra, fizemos os nossos pedidos.Na segunda sexta a outra irmã "B" membro de nossa igreja apareceu e depois só eu e o Pr. Walter, estamos lutando não desistimos da oração, estamos pedindo as suas presenças,a necessidade de orarmos juntos, mesmo assim estamos indo sozinhos, lemos a palavra, cantamos e oramos. Neste dia o meu amado estava com dores de estômago e eu com dor de dente devido a uma obturação que caiu, mais vou ao dentista.

MISSÕES EM SAPIRANGA- 2ª PARTE


Dia 18/12 20098- (quinta-feira)

Hoje ajudamos uma família, com muita dificuldades pecorremos mais de 30 km carregando uma bicicleta com uma caixa cheia de produtos - uma cesta básica para esta família humilde que conhecemos estamos junto com ela, tentando resgatá-la para Cristo, é carente, estão afastados devido a um problema do chefe da família pessoa muito boa, prestativa que tem problema com vícios.Moram na casa 6 pessoas, são sofredores, os filhos, a esposa que gostaria de servir Jesus, alías estava gostando de ir a igreja.Na semana passada fiz um cartinha de natal com muito carinho para cada membro da família e as entreguei pessoalmente, pedindo também a colaboração no trabalho da igreja, aprendemos amar esta família, gostaríamos de vê-los firmes com Jesus, mais não basta so nós querermos isso, eles precisam querer também, tomar iniciativa, deixamos bem claro que os amamos, somos amigos pra quando eles precisarem, estamos de braços abertos.E também a um outro casal que estamos de olho, orando por eles, eles irão viajar tirar férias em janeiro mais quando voltarem querem a nossa presença em sua casa-aleluias.

MISSÕES EM SAPIRANGA- 1ª PARTE

Dia 16/12/2008-(terça-feira)
***Todos os nomes das pessoas aqui são fictícios, menos da família missionária****
Hoje fomos para igreja, teve o estudo bíblico, o Pr. Walter está fazendo o estudo dos livros da Bíblia e hoje foi o livro de Juízes. Estavam presentes três pessoas, que fazem parte da igreja e um casal que está nos visitando com o seu filhinho.Foi muito bom e neste dia o casal que estamos discipulando falou sobre o seu divórcio, sim, eles estão juntos a três anos não são casados ambos são separados, somente a futura esposa nos disse que o seu divórcio está em andamento.Nós estamos os acompanhandos para que eles acertem suas vidas para caminhar certo com Jesus.

domingo, 18 de janeiro de 2009

3ª PARTE
HORA: 15:44
E no dia 21 de julho de 1994 nasceu a nossa princesa, um presente de Deus, hoje quase seus 15 anos, louva ao Senhor é uma benção em nossas vidas. Aos 14 anos de casados Deus realizou o meu sonho, pois ele estava preparando o meu esposo que também o chamou para a obra missionária, hoje ele é pastor. Em 2008 em Fevereiro nos apresentamos a Junta de Missões Nacionais na Tijuca, participamos de todo o processo nos preparando e em Julho partimos para Sapiranga RS o nosso novo lar é o campo que Deus nos indicou, deixamos tudo, emprego, amigos, igreja e familiares para atender o ide de Jesus por amor as pessoas que nunca vimos e nem conhecemos.Já faz 7 meses que estamos em Sapiranga e estamos na direção da Primeira Igreja Batista um trabalho pioneiro, começando do zero, levando as pessoas a conhencerem a Jesus o Salvador.
Sapiranga tem sede de Deus.

O CHAMADO

2ª PARTE
HORA: 14:45
Me converti com 14 anos, adolescente, cheia de sonhos, novas amizades na igreja, participava de todos eventos, era quase a semana inteira na igreja, algo de diferente tinha acontecido em minha vida, estava caminhando, muitas coisas aconteceram na minha adolescência que me levaram a desistir do caminho certo e se eu fosse contar aqui não alcançaria o objetivo, pois este blog é para contar a minha vida como missionária, mas graças a Deus que fui muito forte para dizer não aos apelos de desistir, Deus estava comigo. Um dia a líder das Mensageiras do Rei na época a irmã Lenir me convidou para assistir uma palestra, eu fui e gostei muito, o nome do livro era: O Livro no Travesseiro que contava a história do missionário Adoniram Judson,amor pelas letras e pelas almas, o missionário Adoniram Judson levou o Evangelho até a Ásia e traduziu a Bíblia para o birmanês, nossa, foi maravilhoso, me sentia como se estivesse no local, fazendo tudo o que ele estava fazendo, apartir daí tudo foi acontecendo, me envolvia mais na igreja, participava de eventos missionários na igreja, conhecia missionários de outros países e brasileiros. O tempo foi passando me batizei no dia 21 de setembro de 1981, foi um momento muito especial, e fazia tudo para compensar a realização do sonho que ainda não tinha sido realizado de ser uma missionária.Procurei ser ali mesmo no bairro onde morava. A minha família se mudou, momento traumático pra mim e minhas irmãs, pois assim que me convertir eu levei as minhas irmãs Ana Maria, Rosa Maria e Maria Antonia, que também fizeram parte da igreja no Catiri. Deixei lá uma igreja que sentiu muito a nossa partida e fomos morar em Magé, no momento não entendia o porque de tudo aquilo, hoje eu entendo e louvo o meu Senhor por isso, por tudo o que passei no começo, na igreja onde Deus me queria, lutas e lutas, mais graças a Deus tudo serviu para o meu amadurecimento espiritual. Trabalhei muito ali na PIB Vale das Pedrinhas na época pastor Jurandy Ferreira Neto, hoje está com o Senhor. Ali na vontade do Senhor com 23 anos conheci o meu amado com apenas 16 anininhos, mais para mim era um homem de muita responsabilidade e já sabia oque queria apesar de sua pouca idade, era mais amduro do que eu (rsrsrsrs). Deus foi formando o seu caráter de um homem de Deus. Namoramos por 5 anos, trabalhando juntos na igreja, ele trabalhando para o nosso futuro juntos, lutas aconteceram, briguinhas tivemos, idas e vindas sim, normal para um casal que estava se conhecendo, mais a vontade do Senhor era a nossa união, o inimigo tentou atrapalhar, mais não conseguiu e no dia 13 de março de 1993 foi oficializado anossa união com muita alegria.

MINHA HISTÓRIA

1ª PARTE
A minha conversão foi muito marcante para mim, foi por intermédio de um primo meu, seu nome? Natan, nós morávamos em Catiri-Bangu na baixada, ele era membro da Igreja Batista em Catiri e me convidava constantemente para visitar a sua igreja, eu não ligava.Era uma adolescente apática, sem vida, mais tinha algo que me incomodava não sabia o que era, vivia por viver simplesmente.Fui uma criança infeliz doente, infeliz, crescia num lar em que presenciava cenas não muito legais entre meus pais, não havia carinho entre os dois, algumas brigas.Minha mãe não era feliz em seu relacionamento sentia isso em seu olhar, mais era uma boa dona de casa, tudo era limpinho apesar de sermos pobres, arrumadinho e nós, digo nós que eu tinha mais três irmãs, eu era mais velha são elas Maria Antonia que nasceu depois de mim, ai vem a Ana Maria , Rosa Maria, bem depois veio a caçula Chirlene, minha mãe teve três meninos mais não era da vontade de Deus que eles ficassem entre nós, morreram depois que nasceram.Eu cuidava das minhas irmãs, morávamos em Vigário Geral, lugar não muito legal, cheio de violências, muito pobre, casas de madeira, mas graças a Deus nunca aconteceu nada de ruim conosco fisicamente, meu pai sempre foi um trabalhador não tenho o que reclamar dele sobre isso, só que nunca tive sequer um carinho dele, mas graças a Deus hoje eu entendo o por que de nada de ruim aconteceu comigo fisicamente que tirasse a minha vida, o meu destino já estava traçado por Ele. Quando resolvi ir a igreja, foi algo inexplicável, me senti amada por aquelas pessoas, que vieram ao meu encontro me abraçando por que eles estavam felizes pela minha presença, assisti o culto, gostei dos louvores de tudo que aconteceu ali, pois para mim era diferente, prestei muita atenção na mensagem, quem pregou naquela noite era o pastor da igreja Sebastião Madeira, hoje ele está com o Senhor. Lembro-me bem de sua mensagem que foi sobre o principio da dores e a vinda do Senhor, nossa como aquela mensagem me marcou, fui embora, naquela noite não fiz a minha decisão, mais eu pedia a Deus que passasse aquela semana logo, para chegar o domingo a noite para fazer a minha decisão ao lado de Cristo. Foi o dia mais feliz da minha vida, onde eu senti literalmente Jesus pegar todos os meus fardos pesados de minhas costas e carrega-los, tudo de ruim saiu da minha vida, as tristezas, angustias, me deu alegria de viver, pois aos nove anos só pensava em me matar de várias maneiras. Lembro-me bem em um dia que estava sozinha na cozinha, peguei uma faca grande e algo sussurrava no meu ouvido- é agora, vai você está sozinha, acaba com isso logo, eu cheguei a colocar em direção do meu umbigo e pensava qual seria a sensação dela entrando bem devagar? Nossa algo mais forte que eu me fez retornar a realidade e parei, estava muito nervosa, suava frio. O que o inimigo não faz, ele sabia que eu seria de Jesus e queria acabar com a minha vida, mais o meu Deus é muito mais forte e poderoso e hoje estou aqui para a glória de Deus.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...